As vantagens de ser Invisível de Stephen Chbosky

Título: As vantagens de ser Invisível
Autor: Stephen Chbosky
Nº de páginas: 223
Ano Edição: 2012
Editora: Rocco
Skoob: Adicione 

Sinopse: Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.

   Charlie é um garoto tímido que não tem amigos -seu único amigo se suicidou- e que conta seus dias para um estranho escrevendo-lhe cartas, um garoto comum que tenta lidar com os problemas pessoais e a vida no primeiro ano do ensino médio, tudo isso muda quando ele conhece o Patrick e a Sam que o incluem em seu grupo de amigos, a partir disso charlie começa a viver coisas diferentes de sua rotina atual como ir festas e até mesmo usar drogas.
Créditos: Melina Souza
   Sou suspeita para falar do livro já que sou uma apaixonada por Charlie, por suas histórias e a doçura que ele mostra, o livro é interessante por vários pontos: 
1) A forma como Charlie escreve se encaixa tão bem que parece que as cartas são endereçadas a você. 
2) O livro é cheio de referências literárias e musicais o que o torna mais encantador e mais próximo do leitor
3) O fato do livro trazer assuntos importantes e até mesmo polêmicos sem deixar se tornar algo chato ou ruim de se ler.
Eu já havia lido o livro a um bom tempo (senão me engano no começo do ano) e ele se tornou um dos meus xodôs, o livro teve sua adaptação cinematográfica lançada em 2012 e logo trarei a minha opinião sobre o filme.

Nota:







Acompanhe também : Facebook ~ Twitter ~ Instagram

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.