Adoção consciente e Guarda Responsável - Cultive #11


   Para minha primeira postagem de participação do Rotaroots escolhi o tema social Abraçando Patinhas que além de combinar perfeitamente com o cultive também fala sobre esses seres incríveis pelos quais sou extremamente apaixonada.

   A cerca de mais ou menos 1 ano e 6 meses um conhecido do facebook veio no meu chat e perguntou se eu queria uma cachorrinha ele encontrou ela na rua (senão me engano ) e pegou pra cuidar mas por ficar muito fora de casa e sem tempo para ela acabou precisando doar e no meio disso eu dei a enorme ( e alguns minutos de drama ) sorte de a minha mãe deixar eu tentar ter a cachorrinha.

Luna com menos de dois meses.

   A coisa mais fofa do mundo, foi amor a primeira vista, e esse amor mais o fato de nunca ter tido um bichinho tornou a Luna uma das coisas mais importantes da minha vida. Dessa ''tentativa'' minha pequena está comigo a mais de 1 ano e estou muito feliz por ter ela ao meu lado e pelos momentos engraçados, momentos de raiva (pelos latidos de madrugada kk ) e pelos vários momentos de preocupação - como dia em que ela pegou uma sarna de ouvido e eu entrei em desespero sem saber o que fazer e comecei a chorar achando que ela morreria de tanto coçar a orelha ou o dia que chorei de desespero achando que ela morreria porque o pêlo estava caindo e achei que fosse alguma doença bizarra. Adoro chegar em casa e ser atacada pela alegria dela em me ver, os lambeijos, os pulos em mim, com tanto carinho e amor assim é impossível lembrar das roupas babadas, o inúmeros chinelos estragados.

Luna olhando pra mim enquanto eu lia,essa carinha dela merecia tanto uma foto que acabei tirando.

Luna fazendo pose para foto.
   O Abraçando Patinhas vem trazer esse mês de outubro vários fatores importantes em relação a esses seres incríveis e um deles é a adoção consciente e guarda responsável, um cachorro, um gato ou qualquer outro bichinho deve ser bem cuidado, bem amado e só adotado quando se tem A TOTAL CERTEZA do que se está fazendo, quando decidi adotar minha baby tinha em mente que senão desse certo eu teria que ter um plano b para que ela não sofresse nem fosse para rua, você não pode adotar um animal pro seu filho,sobrinho ou seja quem for e quando ela não quiser mais você se 'desfaz' do bichinho, ele é um ser vivo e merece respeito e cuidados assim como você, assim como seus filhos pequenos ou qualquer outro ser humano. Então antes de tomar essa decisão pese os prós e os contras, analise se suas finanças são o suficiente, se seus filhos ou sobrinhos não vão desistir e que VOCÊ responsável também não vai acabar indo na onda deles e abandonando o bichinho.

““Esta blogagem coletiva faz parte do projeto Abraçando Patinhas, uma iniciativa do Rotaroots em parceria com a marca de ração Max – da fabricante Total Alimentos (http://www.maxtotalalimentos.com.br/). Esta iniciativa reverterá na doação de 1 tonelada de ração para a ABEAC (http://www.abeac.org.br/), ONG responsável pelo bem estar de cerca de 1100 cães. Saiba mais sobre o projeto no site do Abraçando Patinhas (http://rotaroots.blog.br/abracandopatinhas/) ou participando do grupo do Rotaroots no Facebook (https://www.facebook.com/groups/rotarootsblogs/).” 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.