Ladrão de almas de Alma Katsu

Título: Ladrão de almas
Autor: Alma Katsu
Editora: Novo conceito 
Ano: 2012
Páginas: 427
Skoob: Adicione 

Sinopse: No turno da noite de um hospital no estado do Maine, o Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas, no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos. Lanny não é como as outras pessoas que Luke conheceu. E Luke fica, inexplicavelmente, atraído por ela... Mesmo sendo suspeita de assassinato; e conforme Lanny conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassam tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relato apaixonado começa na virada do século 19 na mesma cidadezinha de St. Andrew, quando ainda era um templo puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny fará qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela tem de pagar é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma narrativa sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional, não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir. E revela como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.

Olá  pessoal, tudo bem? Hoje trago a resenha deste livro fantástico. Recebi ele de presente da minha irmã no final do ano passado. Claro que ela não sabia do realmente se tratava, eu quase levei um susto logo nas primeiras páginas. Não esperava uma safadeza oculta neste livro (¬-¬). Mas isso só o deixa mais interessante.

Bem, vamos lá. Ladrão de Almas é o primeiro livro da trilogia Taker escrita por Alma Katsu que por sinal é uma ótima autora. Sua primeira obra na carreira foi de grande sucesso nos Estados Unidos chegando a ser  considerado pela American Library Association um dos dez melhores livros de autores iniciantes (palmas).
Sim, esse livro é erótico caso você estiver pensando sobre o que mencionei lá em cima, diferente das obras que li dos mais diversos tipos posso dizer que Ladrão de Almas foi muito bem escrito e pensado, ele não tem apenas aquelas cenas quentes ou coisa parecida, ele tem uma história por trás de tudo, uma história que me deixou muito intrigado e chegando a quase surtar para saber o que é.
 Lanny desde criança era perdidamente apaixonada por Jonathan, filho do fundador de St. Andrew, cidade onde eles moram. Domingo era o dia de todos irem a igreja, todos da cidade se encontravam apenas uma vez por semana, já que cada casa era bem distante da outra eles não tinham o costume de visitar os vizinhos entre outras coisas. Imagine passar seis dias trabalhando em casa (eles praticamente  moravam em fazendas), e apenas uma vez por semana podia ver outros rostos e escutar outra vozes que não fosse da própria família? Pois é, seria um tédio.
Somente um tolo busca garantias no amor. O amor demanda tanto de nós que, em troca, tentamos garantir que dure. 
Então era assim como se sentia nossa pequena Lanore McIlvrae (Lanny), ela esperava ansiosamente pelo domingo para ver o seu amado.
Gente, acontece tanta coisa nesse livro que gostaria muito de dar todos os detalhes, mas vou tentar ser mais breve possível e óbvio, sem spoilers. 
Com o passar dos anos Lanny fica amiga de Jonathan, tipo, ele contava tudo para ela, até com quem ele ficava Lanny sabia. Quem nunca teve um amigo(a) friend zone?
A história é enorme, e boa. O livro tem um lado sombrio que cheguei a pensar que envolvia vampiros, mas não. Nesse livro não. Acontece que Lanny conhece pessoas novas, pessoas diferentes, pessoas imortais. Adair é um cara atraente (segundo o livro) que costuma deixar as pessoas bonitas e perfeitas perto dele. Lanny sempre foi atraente, ela acabou tendo esse prazer ou não de se juntar a eles.
Claro que havia um preço, Lanny se tornaria imortal e teria que desistir de tudo, da família e de seu friend zone.
No final, a onda sempre leva de volta aquilo que trouxe.
Vale a pena lê-lo ou não? Sem sombra de dúvidas, você vai se envolver na história sombria de Adair, eu particularmente fiquei besta com o desenrolar da história, tanto que após uma semana já estava lendo o segundo, e quando terminei de lê-lo fiquei mais besta ainda. Alma Katsu fez um trabalho maravilhoso. Ela me respondeu uma vez no Twitter, quase que eu  enlouquecia (risos). Ladrão de Almas é perfeito em todos os sentidos, tem muita coisa que não cheguei a mencionar na resenha mas que vale muito a pena conferir pessoalmente. 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.