Eu, Christiane F, a vida apesar de tudo, de Christiane V.Felscherinow e Sonja Vukovic

 Título: Eu, Christiane F,a vida apesar de tudo
 Autoras: Christiane V.Felscherinow com Sonja Vukovic
 Editora: Bertrand Brasil
 Gênero: Biografia
 N° de páginas:265 
 Skoob: Adicione


Sinopse: A história de Christiane F. deu a volta ao mundo. Milhões de pessoas cresceram com as confissões dilacerantes da adolescente alemã de 13 anos, drogada, prostituída. Mas e depois disso, o que aconteceu? Em Eu, Christiane F., a vida apesar de tudo, captado por Sonja Vukovic, a mundialmente famosa protagonista se entrega com franqueza e pudor surpreendentes, contando tudo sobre sua “segunda vida”. Trinta e cinco anos depois da edição original, Christiane V. Felscherinow retorna àqueles tempos que se seguiram à publicação do livro e às diferentes etapas de sua vida até os dias de hoje: dos anos felizes na Grécia à sobrevivência na prisão, do combate ao vício aos encontros com seus ídolos do rock, da aparição de um anjo da guarda aos momentos de felicidade com seu filho Phillip.

Vou pegar carona com a resenha do Lissandro hoje. Ele escreveu sobre Christiane F, que ultrapassa anos e gerações e é um dos maiores sucessos do mercado editorial alemão, com mais de quatro milhões de cópias vendidas. Li o livro várias vezes durante o ensino médio e como todo mundo que já se perdeu na história daquela menina de sardas eu tinha curiosidade de saber o que aconteceu com Christiane depois de Detlev(seu primeiro namorado),das tentativas de desintoxicação e a mudança para a casa da avó.E eis que Sonja Vukovic, uma jovem jornalista alemã quebrou o silêncio de uma das junkies mais famosas do mundo e com ela lançou Christiane F, a vida apesar de tudo.
Fiquei tão empolgada quando comprei o livro que desatei a falar sobre Christiane para o vendedor. E com a mesma animação o devorei em uma semana. Já conhecemos a adolescente Christiane, agora que tal saber um pouco sobre a mulher que ela se tornou?
                                                             
 " Depois de 35 anos eu ainda estou viva". Aos 51 Christiane F. é uma mulher linda,de olhos incrivelmente verdes e rosto jovem Impossível não pensar: como ela está tão bem?
  Não está. No começo de "A vida apesar de tudo" ela faz uma lista de seus problemas de saúde:hepatite, cirrose,fibrose e diz levar uma vida de merda. Trágica e fascinante, essa é Christine.
 Em treze capítulos nos leva a uma viagem por dias e anos que parecem saídos de um roteiro de cinema: encontros com ídolos do rock, aventuras pelas cidades mais famosas do mundo, amores trágicos e recaídas, muitas recaídas.Tudo em um ritmo acelerado e camicaze,  que é a forma com que ela percebe o mundo e as pessoas a seu redor.
Desde que li Christiane F, o rosto de Natja Bruckhorst, protagonista da adaptação para o cinema era o que me vinha a cabeça quando pensava na menina alemã e seus amigos viciados( que como ela diz "morreram porque assim é que tinha que ser"). Depois de tantos anos o trabalho de Sonja, a autora finalmente apresenta a sua verdadeira face, desnudando não só a personalidade explosiva de Christiane mas como seu rosto expressivo. Em uma edição caprichada o livro traz fotos da sua viagem para a Grécia,de seu filho, das tentativas no cinema e na música( que eu não fazia ideia que tinham existido)
A força dos seus imensos olhos é a mesma com que ela fala sobre sua vida, sem mágoas dos pais ausentes,dos homens que amou. Racional conta com detalhes crus e impressionantes sobre suas prisões, os guetos por onde se aventurou( como o terrível parque Platspatz na Suíca) e encara as consequências das escolhas erradas sem temer o futuro, por mais sombrio que ele possa ser.
Mito, símbolo de uma geração e acima de tudo sobrevivente Christiane ainda criança passou por uma vida inimaginável até para o mais forte dos adultos.E de peito aberto viveu e vive da única forma que conhece: sendo um anjo torto no mundo.
Fazendo uma pesquisa para a resenha encontrei esse blog bem legal com informações sobre Christiane e seus amigos da estação Zoo ( o local onde eles se prostituíam). Quem quiser conferir tá aí o endereço: http://detlefechristiane.blogspot.com.br/

Nota:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.