Extraordinário de R. J. Palacio

Título: Extraordinário
Autora: R. J. Palacio
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 320
Adicione: Skoob | Goodreads


Sinopse: O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


Neste livro conhecemos um garotinho muito especial, August (Auggie). Auggie nasceu com uma deformidade no rosto, sua infância inteira se resumia em idas ao hospital e cirurgias. Aos 10 anos, Auggie nunca frequentou uma escola, sua mãe se encarregava de dar aulas em casa até que um dia ela resolveu que estava na hora do filho ir para uma. Auggie temia pelas outras crianças, ele sabia que as pessoas cochichavam sobre seu rosto quando ele chegava por perto. Mesmo se sentindo mal por isso, ele aprendeu a fingir não ouvir e tentar seguir com a vida. Mas ele não se sentia preparado para enfrentar uma escola inteira de crianças.




"Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil."

O livro e contado por August, Olívia (sua irmã), Summer (uma amiguinha da escola), Jack (outro amiguinho), Justin (namorado de sua irmã) e Miranda (amiga de sua irmã). O ponto mais legal do livro são as narrativas diferenciadas, podemos ver o ponto de vista de cada um desses personagens.

Como esperado, August vai para escola depois de muitas conversas com seus pais. Antes das aulas começarem ele e sua mãe puderam visitar a escola, e o diretor do colégio, Sr. Buzanfa, pediu a ajuda de algumas crianças, que estudariam na mesma sala que August, para que dessem um passeio pela escola, e claro, para que tornassem amigos de August. Charlote, Jack e Julian foram as crianças selecionadas para isto.

Quando vi que o Sr. Buzanfa fez isso já sabia que daria problemas. Era como se ele quisesse comprar a amizade deles. Acho que vocês estão em entendendo, ou não? Pois bem, das três crianças, Julian foi o mais babaca. Ficava perguntando sobre o problema do rosto de August, se aquilo era por causa de um incêndio, se tinha se queimado e blá blá blá. Jack mandava Julian calar a boca sempre ele que falava alguma besteira, dos três ele foi o mais legal.

Na escola August sofreu muito bullying, tinha hora que me partia o coração quando ele passava por isso, dava uma vontade de abraçar o Auggie e dizer que estava tudo bem. (*snif*).

Com o passar do tempo, August foi conquistando todo mundo por sua simplicidade e gentileza. Algumas pessoas que tinham medo dele, passaram a ter admiração.

"Todo mundo deveria ser aplaudido de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo."

Extraordinário é praticamente uma aula de superação, nunca pensei que poderia ficar tão comovido com uma histórias destas. Um livro que superou minhas expectativas e mudou completamente o modo como via as coisas. Mostrou que podemos mudar e saber que o que diz quem somos são nossas atitudes. Toda criança merecia ler este livro.


Nota

30 comentários:

  1. Nossa eu estou louca para ler esse livro, ainda não conhecia a história tão bem assim, depois que li sua resenha até o fim fiquei ainda mais interessada, eu não sabia que tentavam " comprar" amizades para ele, nem mesmo o motivo do rosto dele aparecer assim na capa, com certeza quero ler esse ano ainda.
    http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu comprei uma edição na Avon, mas ainda não li. assim que tiver uma brecha nas listas de leitura, vou passá-lo na frente. Gosto de histórias com essa temática, e chega a ser cruel a forma como algumas crianças lidam com outras...

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Li esse livro ano passado e fiquei encantada com ele! É realmente um livro extraordinário como o título já diz!
    O August é um personagem maravilhoso! Ele é tão forte durante todo a história, eu aprendi muito com ele, principalmente no que diz respeito a superação e a se aceitar e ser feliz do jeito que é!
    Esse é o tipo de livro que deveria ser obrigatório nas escolas, pois a temática de bullying tem tudo a ver.

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Maiara acho que levar as escolas livros com essa temática talvez evitasse que isso acontece em tantos locais.

      Excluir
    2. Também concordo!
      Esse livro não esquecerei nunca.

      Excluir
  4. Este livro parece ser um amor, quero muito ler, já vi outras resenhas em outros blogs. Mas ainda não tive oportunidade de ler. E essa frase "Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil." eu super concordo! <3

    ResponderExcluir
  5. Muito boa sua resenha, deixa um gostinho de quero mais, mesmo mostrando muito coisa do livro que por sinal amei. gostei muit do garotinho.
    Blog Com Mãos de seda // Fan Page do Blog // Grupo do Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um garoto super meigo, qualquer um fica encantado com ele *-*

      Excluir
  6. Eu acho bem chatinhos estes livros com lição de moral, inclusive, apesar de gostar de O Pequeno Príncipe, nem penso em reler, pq sei q a minha mentalidade de hoje estragaria a história. Eu vi pipocando pela internet essa frase "Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil", e achei uma besteira sem tamanho. É muito do meu momento, pois ando percebendo que tentar ser gentil e agradar aos outros é o pior erro que alguém pode cometer. Espero um dia voltar a conseguir ler livros assim e achar bonito, pq a sua resenha foi bem legal, tão encantada com o livro, que deu vontade de ser assim também. Rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom ler algo do gênero e conseguir sem encantar mas concordo contigo que vai muito do momento em que a pessoa está, não adianta ler algo assim se naquele momento da sua vida você nao acredita que possa ser real.

      Excluir
    2. Entendo, Amanda. Fico feliz que tenha gostado da minha resenha *-*

      Excluir
  7. Poxa, eu acabei de receber esse livro, que comprei no Amazon e todo mundo me diz que eu devo ler ele urgentemente. Sua resenha só vem para reafirma essa urgência de começar a ler. Quando li o quote "Todo mundo deveria ser aplaudido de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo." fiquei toda arrepiada. Bjs

    http://www.territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Estou com o livro na estante há meses e não tive tempo de ler ainda.
    Acho linda a mensagem que ele passa, e a narrativa dinâmica é um atrativo a mais.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro bem bacana, precisa dar uma chance para ele,
      Bjs

      Excluir
  9. Caramba, que resenha extraordinaria! Pelo visto, esse livro faz mesmo jus ao nome :3 Mesmo eu me emocionando fácil com histórias de bullying, esse livro está na minha lista há tempos! E espero poder ler em breve ^^

    P. S. Não sabia que a narração alternava entre os personagens ._.

    Abs!

    Leitura Silenciosa | Blog | FanPage

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito desse livro em particular, porque ele me fez sentir algo que nenhum outro ainda tinha me feito. Além de uma superação, é um completo ensinamento. Depois que li, passei a enxergar melhor o lado das pessoas deficientes, elas não gostam de ser tratadas com tais pré-julgamentos importunos. Além disso, percebemos que também somos como o Auggie, por exemplo, ele passa por dificuldades pequenas, que todos nós passamos um dia. Fora que ele odeia ser tratado diferente por causa disso. O livro também traz a visão de outros personagem e isso é magnifico. Por que, além de sabemos como o Auggie se sente, podemos saber como os outros também se sente em relação a alguns aspectos. Eu no começo odiei metade dos personagens por maltratar o Auggie, além que eu detesto a irmã dele, a Olívia.
    Sua resenha ficou incrivel, você escreve muito, muito, muito bem!

    Beijinhos!
    http://goo.gl/LJe9nR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Luanna, é sempre né ler esses livros que te motivam e que acabam trazendo um ensinamento enorme pra nossa vida.

      Excluir
    2. No começo também não gostei da Olivia, até ler o capítulo no ponto de vista dela.
      Obrigado Luana.

      Excluir
  11. Esse é um livro que recomendo para todo mundo! E que faz jus ao nome. A história é linda e é impossível ficar indiferente a ela. Gostei da resenha.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Paac! Acho que o próprio nome do livro já diz muito sobre ele né? Com certeza é um livro que a gente leva pra vida! <3
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  13. Olha eu gostei bastante da sua resenha.
    Achei que você desenvolveu muito bem tudo falando da história.
    Eu ainda não tive a chance de ler e também estou querendo comprar essa edição nova, porque eu só tenho a antiga sabe? Mas logo logo terá resenha em meu blog por uma das minhas colaboradoras. Espero que os leitores gostem. Adorei a trama e de alguma maneira me parece ser um livro muito envolvente e triste ao mesmo tempo. Mas enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-anna-e-o-beijo-frances.html

    ResponderExcluir
  14. Esse livro é mesmo uma lição de superação… :) Fico feliz por saber que ele alcançou seu coração também. Eu gostei muito da leitura e me arrependi tremendamente depois, quando troquei o livro por outro. Eu tinha a edição com a capa branca, tão bonita. Não gosto tanto da azul, mas terei que comprá-la para voltar a ter esse livro em mãos. Hoje sei que é uma leitura que vale a pena fazer mais vezes.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Esse é um livro que deveria ser obrigatório a leitura nas escolas.
    Realmente é uma lição, um tapa na cara. Eu li e sou apaixonada por ele.
    O Diário do Leitor

    ResponderExcluir
  16. Oi Paac, tudo bem?
    Esse livro parece ser tão lindo. Quase todas as resenhas que li dele até agora são positivas! E o protagonista parece ser muito fofo.
    Super beijos <3

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.