50 Tons de Cinza de E.L. James


Título: 50 Tons de Cinza 
Autor:  E.L. James
Editora: Intrínseca
Páginas: 455
Ano: 2012
Skoob: Adicione

Sinopse: Quando Anastásia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...

Chegamos a ele. Depois de ouvir tanta gente falando desse livro eu resolvi ler, afinal quem ama os livros não pode deixar de comentar um sucesso de vendas, seja ele bom ou ruim ( o que também na minha opinião vai do gosto de cada um), enfim...
Ana é a garota tímida e sonhadora que descobre um homem completamente complicado, sensual e controlador que a quer. Perdidamente atraída por ele, ela resolve tentar. Porque não? Afinal, ele só quer mandar em tudo que ela faz. 
Imagem: O que rola
Apesar da parte controladora do Sr. Grey e sua personalidade confusa e sexy, meu destaque do livro vai para Ana. A principio eu achava que a personagem seria uma ( mais uma ) garota que cai nas graças de alguém e só com o amor ( como se isso pudesse acontecer) muda ele. 
Mas não, Ana é uma personagem forte que se sente atraída por um cara e apesar de ser tímida ela é completamente independente e se transforma sem deixar de ser ela mesma. O princípio básico para o amor! 

Tão independente que o controle dele se submeteu a ela e desde o princípio vemos uma Ana que está disposta a fazer o que ele quer, mas a todo o momento questionando-o. 
Enfim, uma história que distrai e é boa para aqueles que conseguem manter uma mente aberta para conhecer algo que é novo. 
Nota:


8 comentários:

  1. Olá :) Gostei da resenha! :D Esse livro é muito famoso, hehe já ouvi muitas pessoas falarem sobre ele, é o tipo de leitura que "divide" os leitores, isto é, alguns falam super bem e outros negativamente. Bem, acho a proposta diferente e interessante, entretanto, nunca senti vontade de ler, além disso, não curto muito esse gênero "quente", kkk mas, quem sabe algum dia eu leia. :D Beijos!!
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabriela, eu li o livro e achei OK, não é sem dúvidas o melhor livro do mundo mas ele trás questionamentos interessantes. A autora tbm não é a melhor, mas sei lá, nunca julgo mto a autora quando é sua primeira obra. Acredito que a qualidade dela melhorou mto e posso te garantir que o segundo volume é ainda melhor e não apenas sexo como no primeiro (imo).

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabriela!
    Que bom que você leu 50 tons e gostou. ^.^ Eu não consegui, acho mal escrito, mal pensado, mal editado... Não é um livro que me atraia de forma alguma e os personagens, para mim, são bem vazios!! Mas, acho ótimo que, no mundo literário, tenha cada um com um gosto, assim a gente tem a oportunidade de conhecer coisas novas, gostar delas ou não!!
    Beijos!


    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho a trilogia aqui, mas ainda não obtive tempo de ler! Eu quero muito ler este livro, mas estou deixando passar um tempo, para que assim eu possa ler com mais calma!

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabriela, concordo com você! Eu li essa trilogia alguns anos atrás, logo quando tinha estourado os Cinquenta Tons, e confesso que gostei bastante. Com certeza é um dos meus queridinhos!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Gabriela, eu li o primeiro livro e a história não conseguiu me ganhar, achei a Ana muito suscetível a se entregar sem pensar nas consequências.
    Fora os diálogos com ela mesmo que me dava nos nervos.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Eu gostei da sua resenha, gostei de como a conduziu e o caminho que escolheu, mas infelizmente eu não leria o livro, nem mesmo tive vontade de assistir o filme ainda kkkkk

    ResponderExcluir
  8. Oie,
    Eu já li a trilogia e mesmo não sendo uma história incrivel ela consegue entreter muito bem, e como vc disse, quem tem a mente aberta pode apreciar a leitura e tirar alguns ensinamentos dela.

    Abraços,
    Andy - http://www.starbooks.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.