O Lago das Sanguessugas de Lemony Snicket

Título: O Lago das Sanguessugas 
Série: Desventuras em série
Autor: Lemony Snicket
Ilustrador : Brett Helquist 
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 184
Skoob: Adicione

Sinopse: O misterioso autor das Desventuras em Série não só alcançou a lista de best-sellers infanto-juvenis do New York Times, como conseguiu entrar em todas as outras principais referências de vendagem americanas. Com sua estranha franqueza, na contracapa deste livro ele manda um recado a seus possíveis leitores: Caro leitor,Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores. Respeitosamente Lemony Snicket.

O tempo era escasso e o perigo era grande! Assim posso caracterizar a situação pela qual os Baudelaire foram obrigados  a enfrentar em mais um capítulo desaventurado de suas vidas . Portanto se você busca um final feliz, certamente não encontrará neste livro ou até mesmo nesta resenha, pois tudo aquilo que diz respeito aos Baudelaire envolve sempre muitos infortúnios e mistérios!

O livro se inicia com os irmãos sentados sobre suas malas no Cais de Damocles com vista para o Lago Lacrimoso , enquanto esperam um táxi que os levará para o seu novo lar , junto de sua tia , a viúva Josephine Anwistle , uma mulher com vários medos ( muitos deles irracionais ) e um amor enorme pela gramática. 

Na verdade, não é uma sopa quente ' disse a tia Josephine .
Nunca preparo nada quente porque tenho medo de acender o fogão; ele pode explodir e pegar fogo. Fiz um caldo frio de pepinos.

Apesar da personalidade peculiar de sua nova tutora e a monotonia na qual seguem os dias de sua nova vida, os Baudelaire conseguem ao menos momentos de paz. Mas é claro que esses tempos serenos duram pouco e mais uma vez as crianças devem utilizar de seus talentos para escapar de diversos perigos. 

"O Lago das Sanguessugas" é um livro que prende o leitor, que possui uma narrativa fluida onde os fatos não tardam muito a acontecer. Tive a impressão de que este foi de longe o livro, que de toda a série apresentou os fatos de maneira mais rápida e  dinâmica, sem que o ritmo comprometesse a compreensão do leitor em momento algum. A narração como sempre,  segue o estilo único de Lemony Snicket. Neste volume em especifico, as piadas aparecem em número  reduzido ( se comparado ao volume anterior ), mas desempenham seu papel de alívio cômico em pontos estratégicos da história, já que este livro possui uma atmosfera  de caráter  mais melancólico. 
Roubar, não resta dúvida, é um crime, e é próprio de quem não tem nenhuma educação. Mas como a maioria das coisas que faz quem não tem nenhuma educação, é desculpável dependendo das circunstâncias. Roubar não é desculpável, por exemplo, se a pessoa está num museu, resolve que um determinado quadro ficaria melhor em sua casa e simplesmente leva o quadro para casa. Mas se a pessoa está morrendo de fome e não tem outro meio de conseguir dinheiro, é desculpável que ela leve o quadro para casa e o coma.

Creio que todos os livros dessa série possuem uma moral, uma mensagem a ser passada e o próprio Snicket questiona-se sobre isso ao fim da narrativa, sua conclusão ( que claro, eu não vou contar, assim como não darei detalhes do final do livro ou de qualquer  outro elemento que eventualmente venha prejudicar a  leitura de vocês ) é pessoal aos Baudelaire, entretanto uma mensagem que o autor tenta nos transmitir ao longo do livro e que certamente vale para todos nós é sobre a questão do medo. Em como o medo pode nos atrapalhar a viver e prejudicar não só a nós mesmos, mas também as pessoas ao nosso redor, aqueles que amamos e acabamos machucando sem querer. Isso é pontuado de forma implícita ao longo da narrativa, mas  que aos poucos fica mais claro quando o leitor começa a interpretar o contraste que existe entre as personalidades dos Baudelaire e de sua tutora. 

Um dos pontos que considero mais positivos de todo o livro é a maneira na qual Lemony consegue perfeitamente provocar o sentimento de empatia, de tal forma, que em certo ponto da história somos todos Violet, Klaus e Sunny Baudelaire, tentando enfrentar seus piores pesadelos para continuar vivendo e tendo ciência de que esses pesadelos podem retornar através de sanguessugas famintas, balas que provocam alergias, olhares brilhantemente assustadores e principalmente, vilões com disfarces nada profissionais !
Espero que tenham gostado e até a próxima desventura.
Nota:


6 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Eu amo a série Desventuras em Série! Já li os treze livros e gostei demais da maneira peculiar como o autor narra os fatos.
    Gostei bastante de O lago das Sanguessugas e lendo sua resenha até me deu vontade de reler essa série!

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  2. Oieee. Sempre quis ler Desventuras e Série.
    Assisti apenas o filme, e achei a história muito boa.
    Pelo que tu escreveu na resenha, a vida dos irmãos sofrida parece bem pior :'(

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Olá, nossa eu tenho tanta vontade de ler essa série que agora vendo a sua resenha eu lembrei dela e lembrei do quanto quero ler. Ótima resenha, adorei o modo como você colocou os fatos do livro, fiquei mais curiosa ainda!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu não li nenhum dos livros da série, mas eles estão entre os meus desejados.
    As histórias são lindas e envolventes já nos ganham nas resenhas.
    Louca para me aventurar nessas desventuras incríveis.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. Essa é uma das minhas séries favoritíssimas e esse livro é realmente muito bom! As ironias e o sarcasmo do Lemony são impagáveis! Agora eu quero muito ler os outros 2 livros que ele lançou!

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?!

    Eu nunca li essa série e nunca tive vontade de ler. Depois de ler essa resenha, até fiquei curiosa! =) Amo leituras que o autor consegue prender a atenção do leitor. E também adoro lições de moral! :)

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.