Quando tudo volta de John Corey Whaley


Título: Quando tudo volta
Autor: John Corey Whaley
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633848
Ano: 2014
Páginas: 224
Tradutor: Carolina Caires Coelho
Skoob Goodreads
"Uma morte por overdose. Um fanático estudioso da Bíblia. Um pássaro lendário. Pesadelos com zumbis. Coisas tão diferentes podem habitar a vida de uma única pessoa? Cullen Witter leva uma vida sem graça. Trabalha em uma lanchonete, tenta compreender as garotas e não é lá muito sociável. Seu irmão, Gabriel, de 15 anos, costuma ser o centro das atenções por onde passa. Mas Cullen não tem ciúmes dele. Na verdade, ele é o seu maior admirador. O desaparecimento (ou fuga?) de Gabriel fica em segundo plano diante da nova mania da cidade: o pica-pau Lázaro, que todos pensavam estar extinto e que resolveu, aparentemente, ressuscitar por aquelas bandas. Em meio a uma cidade eufórica por causa de um pássaro que talvez nem exista de verdade, Cullen sofre com a falta do irmão e deseja, mais que tudo, que os seus sonhos se tornem realidade. E bem rápido."

Por mais que não estivesse entendendo o que estava acontecendo no começo do livro, resolvi continuar e ver no que dava. Até as primeiras sessenta páginas do livro foram bem cansativas, tão cansativas que eu mal via a hora de acabar com aquele tédio e começar outro livro. E ainda bem que depois de sessenta páginas o livro ganha um ar de "agora sim está interessante". (Aplausos)
A obra começa com Cullen Witter, um jovem adolescente que daria tudo para sair de sua cidade natal, velho dilema da adolescência. Morando em uma cidadezinha do interior de Arkansas, ele se apaixona por uma garota chamada Ada Taylor conhecida por seus ex namorados azarados, todos os namorados que ela teve já morreram. (¬.¬)
Com a volta do suposto pica-pau Lázaro que estava declarado extinto desde a década de quarenta, a cidade volta a ser reconhecida em noticiários de regiões próximas.
Logo após a notícia da volta do pica-pau lendário o irmão mais novo de Cullen desaparece sem deixar qualquer pista. Gabriel Witter, 15 anos, é bem diferente do irmão mais velho, mas isso nunca interferiu no relacionamento dos dois. Cullen fica intrigado, ele não consegue aceitar que o irmão tenha fugido de casa ou que tenha morrido como todos da cidade achavam. Para falar a verdade, ninguém ligou muito, além da família, para o desaparecimento de Gabriel, todos estavam focados e obcecados pelo pássaro que eles achavam que havia ressurgido.
“Se eu tivesse uma arma, atiraria na cara do pica-pau Lázaro.”
O livro não é apenas narrado por Cullen, outros personagens surgem no decorrer da história. No começo fiquei meio perdido na leitura por causa disso, mas tudo foi se encaixando já que todas as histórias acabaram se interligando no final do livro, isso foi o mais legal de tudo. (Yeah!)
Por mais que o livro seja curto tem de haver muita paciência para lê-lo. Principalmente nas primeiras páginas, o livro é ruim? Não, até que gostei, esperava coisa pior dele quando comecei mas ele acabou me surpreendendo. O lance não é desistir. o/ A diagramação estava perfeita, os diálogos bem estruturados e as páginas amareladas foram de grande ajuda para ler ♥, páginas brancas costuma cansar nossos olhos mais rápidos. Bom, espero que alguém leia até o fim, sei que vão gostar das histórias se interligado.
Nota:

7 comentários:

  1. Oieeee, menina, acho esse livro super confuso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Não entendi nada dele e no final das contas não achei graça.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Oiiii, eu não tenho muita vontade de ler esse livro não guria, eu acho a edição dele incrível demais, mas a história não me chamou atenção.
    Beijinhos
    Segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Lissandro, eu não tinha ouvido falar desse livro ainda.
    Ain, tenho uma preguiça de livro que demora a andar.
    Não achei a histórias essas coisas, mas talvez desse uma chance.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Acho tão chato quando um livro demora mais de 50 páginas para ficar interessante. E olha que ultimamente parece que todos os livros que leio estão assim.

    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Bem não gosto de leituras cansativas e arrastadas, me deixa com sono e raiva por não agir logo de uma vez, então esta nem entraria na leitura, apesar de parecer legal, mas não faz meu estilo.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  6. Olá sabe que sempre tive vontade de ler esse livro, mas eu não sabia do que a história se tratava, a capa e o nome sempre me chamou atenção. Mas pelo que você contou parece ter uma trama muito boa e ele entrou pra minha lista já!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Li!
    Apesar dos ótimos comentários, confesso que não leria o livro por não fazer muito meu estilo no momento. Mas fico feliz que tenha gostado e que não tenha desistido nas primeiras páginas.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.