Eu sei o que você está pensando de John Verdon

Título: Eu sei o que você está pensando
Autor: John Verdon
Editora: Arqueiro
Páginas: 340
Skoob: Adicione
Sinopse: Uma carta perturbadora chega via correio com uma simples declaração ao final: "Veja como conheço seus segredos - apenas pense em um número." Errará quem pensar que uma carta dessas chega a seu destino final apenas por obra do acaso.
Para o detetive aposentado da polícia de homicídios da cidade de Nova York, Dave Gurney, que está formando uma nova vida ao lado de sua esposa Madeleine, as cartas começam a deixar de ser estranhas para se tornarem um complicado quebra-cabeça que levará a uma enorme investigação sobre assassinatos em série.
Trazido para o caso como consultor, Gurney em pouco tempo percebe pistas que a polícia local deixou passar. Ainda assim, diante de um oponente que parece ter o dom da clarividência, Gurney vê seus esforços irem em vão, seu casamento rumando a um precipício e, finalmente, um medo incontrolável de que seu adversário não pode ser parado.

Mais um para a lista de suspenses incríveis criados por John Verdon...
Mark Mellerey ( antigo amigo de faculdade) procura o detetive Gurney após receber um bilhete anônimo assustador, nele o remetente diz que conhece Mellerey melhor do que ele mesmo e que pode acertar até mesmo um número aleatório entre 1 e 1000 que ele pensasse, e após ver que o remetente acertou o número ele decidiu procurar o detetive.
Eu sei o que você está pensando é o primeiro livro da série de suspense do policial David Gurney, a série toda até o momento foi lançada pela editora arqueiro, sendo o último até então Peter Pan tem que Morrer. O livro é narrado em terceira pessoa mas temos uma visão maior pelo ponto de vista de Gurney.
Eu confesso pra vocês que apesar da leitura incrível e tremendamente fascinante eu fiquei bem entediada no começo, porque o autor é bem detalhista e isso acaba deixando a leitura um pouco lenta, mas depois que o suspense começou a ficar mais forte as pistas aparecendo e as teorias foram sendo criadas ( principalmente na minha cabeça) comecei a ficar presa naquele mundo e naquela investigação.
Me senti uma louca porque a todo momento criava uma teoria ou uma solução maluca e foi o que fez da leitura ainda melhor, a descoberta do final não foi a mais surpreendente porque quando parei pra analisar realmente faz muito sentido, só eu que não vi haha, mas também é culpa do autor que não deixa brecha para descobrimos. Agora é ficar curiosa e ansiosa para ter logo a continuação em mãos e dizer a vocês que se gostam de suspense policial se joguem nessa leitura.

Nota:


20 comentários:

  1. Paac, eu já vi muitas resenhas a respeito desse livro, muitas falam muito bem.
    Acho o máximo quando um livro faz a gente quebrar a cabeça, pensar e ter ideias.
    Eu adoro policial, mas ainda não me bateu a vontade de ler esse.
    Quem sabe mais pra frente?

    Beijos!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente, quebrar a cabeça nessas horas torna a leitura mais real né?

      Excluir
  2. Não conhecia o autor, nem o livro. Mas fiquei curiosa com a história. Adoro um suspense. Vou comprar esse livro logo mais.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  3. Oi Pacc, sua linda, tudo bem
    Estou muito curiosa para descobrir como ele acertou o número. Esse título me deixou muito intrigada, como ele sabe o que o outro está pensando. Apesar de o final não ser surpreendente, parece ser um ótimo livro de rama policia/suspense, o que eu adoro também. Gostei muito da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Não conhecia do autor, nem o livro, rs.
    Gostei bastante da historia e fiquei realmente curiosa, na próxima solicitação da Arqueiro vou pedir :)

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Não conhecia do autor, nem o livro, rs.
    Gostei bastante da historia e fiquei realmente curiosa, na próxima solicitação da Arqueiro vou pedir :)

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Eu realmemte não fico interessado por esse tipos de livros, principalmente se tiver um começo lento. Bom, adorei a resenha, mas deixarei a dica passar..

    Abraços & até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, flor!
    Dessa vez não me interessei pelo livro, mas vou anotar a dica para aquele momento em que gostaria de ler um bom suspense difícil de adivinhar (rs). Pena que o início da leitura flui lentamente, mas se o autor é detalhista posso esperar ser surpreendida (acho). Se você não dissesse que é uma série, nunca teria percebido que é o mesmo autor do Peter Pan tem que morrer.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Paac!!
    Voce nao é louca, livros de suspense nos fazem criar várias teorias até o final :)
    O único livro que já ouvi falar do autor foi Peter Pan tem que morrer, mas mesmo assim ainda não o li.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente mulher é muita teoria pra pouca eu sabe? kkkkk

      Excluir
  9. Oii,

    Não conhecia esse livro, mas fiquei muito interessada em ler.
    Adoro livros desse gênero de suspense e policial. Já vou incluí-lo em minha lista.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Nem me liguei que era o mesmo autor acredita, eu estou querendo o do Peter, mas ainda não tive coragem de ler.
    Adorei tua resenha, também não de começo enrolado, mas se vale a pena vou adicionar na leitura.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.