Simon vs. Agenda Homo Sapiens de Becky Albertalli

Título: Simon vs. a agenda Homo Sapiens
Autor: Becky Albertalli
Ano: 2016
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Skoob: Adicione
Sinopse: Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.
Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.
Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.

       Acho  a onda dos livros LGBT muito boa, muito mesmo, pois nos dias atuais representatividade é a palavra chave, e ainda assim eu não tinha lido nada do gênero, o que é vergonhoso, eu sei. Mas nunca encontrei um livro que me motivasse, todos sempre me pareciam trazer o assunto de forma dramática demais, até que encontrei Simon vs Agenda Homo sapiens.
    Simon é um adolescente que está no dilema de sair ou não do armário, mas diferente do que normalmente acontece nessa fase, Simon não tem medo, apenas não sabe como fazer isso e também não entende o porquê deve abrir para o mundo sua orientação sexual, já que isso é referente somente a ele. Entre suas dúvidas e questões acerca de sair ou não do armário, Simon acaba conhecendo Blue, um amigo virtual que também enfrenta o mesmo dilema, entre conversas que dizem pouco sobre suas vidas mas muitos sobre si ele acaba se apaixonando por Blue, e o problema todo começa quando Martin descobre seus e-mails secretos e ameaça espalhar isso para toda a escola.
      É engraçado ler um YA que não foca em momentos extremamente dramáticos e transforma quase tudo em novela mexicana, Simon vs Agenda Homo sapiens, não trata apenas de homossexualidade, fala sobre inseguranças, amizade, pressão social, relações familiares, tudo de forma doce e sutil, sem muitos exageros, sem estereótipos – que normalmente acabam com a história e apenas deixam o leitor decepcionado com a leitura. Simon lida com cada dia de uma vez, e tenta ao máximo lidar com seus problemas e confusões da forma mais sensata que encontra, Blue é aquela pessoa doce que sempre tem algo positivo na ponta da língua, e descobrir sobre ele é como compreender pequenas partes do personagem. E chegamos ao ponto alto da história, os personagens, bem construídos, e com sua importância na história, cada um com sua personalidade própria, cada um se desenvolve e evolui muito e a sua maneira e tempo e é impossível odiá-los.
      Não posso dizer que a história é ruim, pelo contrário, a narrativa é envolvente e flui muito bem, você se contagia com algumas cenas de alegria e outras de mais reflexão, porém acabei não me sentindo tão conectada a Simon, não achei o personagem muito ativo e envolvente, não consegui criar um elo com ele como criei com Blue (por exemplo), e essa falta de empatia talvez seja o meu problema com o livro, não o achei espetacular, é um livro neutro, com uma história boa e bem desenvolvida, previsível e fofo, porém neutro. É uma leitura para ser feita sem muitas pretensões, espere algo leve e sutil com temas bem abordados, bem escritos, e bem divertidos.


Nota:
 Crédito das Imagens: Where The Lightis






13 comentários:

  1. Ahhhh bacaninha, não li nada do gênero ainda, mas acho que esse eu leria tranquilamente, hein.

    www.prettythings.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sabe que curti a premissa? Achei interessante, gostei dos temas que o livro aborda, de ter personagens bem construídos e narrativa envolvente. Acho que leria se houvesse oportunidade. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  3. Não e justo você não gostar dos meus gêneros e eu chegar aqui e gostar dos seus, isso e flopagem eu só acho. Mas enfim u.u
    Não sabia ao certo do que esse livro tratava, e gostei de saber agora, eu também ainda não li nada referente a esse assunto, talvez eu comece por esse. Adorei a resenha amiga.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Essa onda de livros LGBT me representa, aliás, representa muita gente, que está acabando ganhando espaços agora em vários filmes e também em livros. Isso é algo maravilhoso, muito mesmo, porque temos que quebrar com esse tabu e mostrar também para várias pessoas como é a realidade das pessoas que estão "no meio". Adorei a história do Simon, fiquei como vontade de lê-lo desde a turnê da intrínseca, e espero que tenho a oportunidade de lê-lo logo, porque a cada resenha que leio, a vontade só aumenta.
    Leitor Irônico

    ResponderExcluir
  5. Oiii
    Já li alguns livros que abordam a temática e até agora acho que os livros do David Levithan são os melhores.
    Tentei ler Simon vs a agenda homo sapiens e senti exatamente o que tu disse com relação ao Simon, não consegui me conectar com ele, acho que foi por isso que abandonei o livro nas primeiras páginas. Mas vou tentar ler ele mais para a frente e espero gostar.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  6. A premissa do livro é interessante, Simon é o tipo de personagem que quebra tabus, mas não faz meu estilo de leitura. A uns anos eu li will & will e não simpatizei com o enredo, e o modo como o autor explorou as personagens. Diferentemente, eu acredito que Blue muda o Simon, não é?

    https://facesemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiii
    Ganhei esse livro de aniversário. Estou louca para ler. Ele está na lista de leituras para agosto. Pena que você não se conectou com Simon, acho que isso faz diferença na leitura.
    ]Bjus

    ResponderExcluir
  8. Olá Paac, eu venho lendo muitos livros nessa onda LGBT e logo quando esse foi lançado eu o li e achei ele mega fofo mesmo sendo um pouco previsível e a leitura dele é mega leve *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Desconhecia a obra e achei a premissa muito interessante.
    Ainda não li muitos livros que tenham essa pegada sobre LGBT.
    A leitura parece ser bem leve e fluida.

    leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?
    Conheci o livro no evento da Instriseca e gostei mto da proposta.
    Nunca li nada LGBT, mas animei de conheer Simon vs. Agenda Homo Sapiens. O titulo ja é interssante e o enredo fiquei mais curiosa ainda.
    Adorei conehcer mais do livro aqui e quero conhecer os personagens na integra
    To precisando de uma leitura leve mesmo.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  11. Olá Paac sou a favor da representatividade e livros LGBT é um passo importante para evolução, quero muito ler esse livro. Bjs

    ResponderExcluir
  12. Parece interessante, ma só fato do Simon não ser alguém muito conectável talvez torna a leitura ruim pra mim. Darei uma chance, mas só se tiver oportunidade. Não vou sair louca atrás!^^

    ResponderExcluir
  13. Oi Paac, esse livro parece ser ótimo, a temática é bem interessante. Li algo do tipo no ano passado e gostei bastante. Adorei a resenha.

    Abraços

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.