Quando finalmente voltará a ser como nunca foi de Joachim Meyerhoff

Título: Quando Finalmente Voltará a Ser Como Nunca Foi - A loucura está do lado de dentro ou de fora?
Autor: Joachim Meyerhoff
Editora: Valentina
Ano: 2016 
Páginas: 352 
Skoob: Adicione
Sinopse: Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital psiquiátrico para crianças e jovens? Nosso pequeno herói não conhece outra realidade - e até gosta muito da que conhece. O pai dirige uma instituição com mais de 1.200 pacientes, ausenta-se dentro da própria casa quando se senta em sua poltrona para ler. A mãe organiza o dia a dia, mas se queixa de seu papel. Os irmãos se dedicam com afinco a seus hobbies, mas para ele só reservam maldades. E ele próprio tem dificuldade com as letras e sempre é tomado por uma grande ira. Sente-se feliz quando cavalga pelo terreno da instituição sobre os ombros de um interno gigantesco, tocador de sinos.
Joachim Meyerhoff narra com afeto e graça a vida de uma família extraordinária em um lugar igualmente extraordinário. E a de um pai que, na teoria, é brilhante, mas falha na prática. Afinal, quem mais conseguiria, depois de se propor a intensificar a prática de exercícios físicos ao completar 40 anos, distender um ligamento e nunca mais tornar a calçar o caro par de tênis? Ou então, em meio à calmaria, ver-se em perigo no mar e ainda por cima derrubar o filho na água? O núcleo incandescente do romance é composto pela morte, pela perda do que já não pode ser recuperado, pela saudade que fica - e pela lembrança que, por sorte, produz histórias inconcebivelmente plenas, vivas e engraçadas.

    Existem todos os tipos de personagens, e sempre nos apaixonamos por algum, e nesse livro eu me apaixonei por alguns, não exatamente eles em si, mas suas peculiaridades. O título do livro é enorme mas conversa muito bem com a essência dos personagens que temos o prazer de conhecer nessa obra.
       Joachim é um garoto que está completando seus 7 anos, e tudo em sua vida seria ‘comum’ exceto pelo fato de que ele é filho do diretor em Hesterberg, um hospital psiquiátrico e todos de sua família moram numa casa que se localiza exatamente no terreno do hospital. E após passar por uma cena que deveria ser traumática para qualquer criança, vamos enfim conhecer um pouco mais da sua vida.
   Imaginem um livro engraçado, mas ao mesmo tempo dramático, é exatamente isso que encontramos nessa leitura, personagens peculiares, diferentes e com diversos problemas psicológicos tratados de uma maneira curiosa, instigante, sutil e realista. Joachim é um garoto curioso e tem uma visão muito diferente das coisas ao seu redor – fiquei bem espantada com a forma como ele reagiu a morte, foi bem esquisito, mas também surpreendente.
   Tive certo problema com a nomenclatura “loucura” não gosto dela usada para pessoas com problemas psicológicos, acho ofensivo e desnecessário quando se fala de certas coisas, e ler isso tanto no livro, sendo usado pelos personagens, quanto por ai em resenhas me foi bem incomodo e realmente achei uma falta de tato das pessoas que escreveram. Tirando essa questão a obra é apaixonante e conquistou uma fã, a edição da editora está linda, bem feita e dentro do que a obra propõem, e a história é uma paixão por completa com esses personagens bem estruturados, bem colocados e um contexto que faz sentido.
   Quando finalmente voltará a ser como nunca foi é um livro curioso e instigante, que traz a os problemas psicológicos de uma forma mais sutil, é um livro que emociona, mas também tira boas risadas, fala sobre crescimento, sobre seres humanos doentes e não só questiona o obvio, mas em suas entrelinhas no faz refletir sobre como tratamos e rotulamos o que não conhecemos.

Nota: 

11 comentários:

  1. Oi flor, não conhecia esse autor. O livro pareceu muito interessante. Gosto de livros que me impulsione e ler e que me tire risadas é uma das melhores leituras na minha opinião e esse por tratar problemas psicológicos e conter imagens me deixou fascinada, vou tenar ler sim. Obrigada pela dica.
    http://www.facesemlivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Hey, Paac!
    Já tinha visto o livro em algumas resenhas, mas a capa nunca me chamou atenção, e eu acabei não buscando maiores informações sobre a história. Okay, sou dessas. Me apaixono pelas capas, me julgue... kkk
    Mas que coisa mais linda sua resenha! Não esperava que a história seguisse nesse ritmo, e achei uma gracinha. Esses livros dramáticos e ao mesmo tempo hilários, conseguem se tornar únicos né? Adorei a resenha!
    Mil beijokas :* entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bom?
    Não conhecia o livro, e o título é bem instigante, apesar de ser bem grande. A história parece ser muito interessante e a escrita parece fluir facilmente, olhando pela sua foto. A capa que não agrega muito. Fiquei interessado pela leitura.
    Até mais!

    ResponderExcluir
  4. Não tinha ouvido falar desse livro até agora! De fato, o nome longo é bastante incomum, mas o fato de haver personagens com transtornos psicológicos me deixou com muita vontade de ler. Quero saber como eles foram trabalhados!

    ResponderExcluir
  5. Não tinha visto sobre esse título, gostei da capa e do enredo psicológico. Recentemente, teve um post no blog sobre loucura, e são poucas as pessoas que usam essa nomeclatura de forma correta. Vou anotar para minha wish do mês que vem.

    ResponderExcluir
  6. OOi Paac! Não conhecia livro mas por sua resenha me parece ser um livro que eu gostaria. A premissa dele é instigante, gosto desses livros que sabem mexer com o psicológico do leitor com várias emoções. Dica anotada!

    Beijoos!

    ResponderExcluir
  7. Já tinha visto uma resenha desse livro antes e me despertou bastante interesse. Gostei da sua resenha e me instigou mais ainda de ler a obra.

    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu estava mesmo me perguntando que tipo de enredo tinha esse livro, porque eu realmente gostei da capa. Mas não é um tipo de livro que eu leria, mesmo a história tendo me interessado bastante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiii! Eu ainda não conhecia o livro, mas concordo com você sobre falar que a pessoa é louca por ter problemas psicológicos. Muito desnecessário e eu também não abordaria esse problema dessa forma. Fiquei curiosa para conhecer um pouco mais sobre a história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá
    poxa que bom que gostou tanto, infelizmente o livro não funcionou muito comigo apesar de eu ter adorado o tema, mas quero tentar reler em algum momento e gostar tanto quanto você

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie, Paac, tudo bem? Tenho muita vontade de ler esse livro, sempre ouço falar bem dele e o tema me deixou bem curiosa. Sua resenha tá incrível!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.