Cinder de Marissa Meyer

Título: Cinder
Série: Crônicas Lunares # 1
Autora: Marissa Meyer   
Ano: 2013 
Editora: Rocco
Páginas: 448 

Sinopse: Num mundo dividido entre humanos e ciborgues, Cinder é uma cidadã de segunda classe. Com um passado misterioso, esta princesa criada como gata borralheira vive humilhada pela sua madrasta e é considerada culpada pela doença de sua meia-irmã. Mas quando seu caminho se cruza com o do charmoso príncipe Kai, ela acaba se vendo no meio de uma batalha intergaláctica, e de um romance proibido, neste misto de conto de fadas com ficção distópica. Primeiro volume da série Crônicas Lunares, Cinder une elementos clássicos e ação eletrizante, num universo futurístico primorosamente construído.


   Releituras de contos de fadas conhecidos parecem fazer parte da rotina atual de alguns leitores e das ideias de histórias dos autores mais atuais, Cinder não foge a nada disso, mas dentre as que vi por ai, e pelo que li, a série Crônicas Lunares, tem tudo pra ser uma das melhores.
   Cinder Linh é uma adolescente ciborgue que vive com suas duas meio-irmãs Pearl e Peony e sua madrasta Adri. Cinder não se recorda muito de seu passado, apenas de ter sido adotada pelo marido de Adri, que faleceu pouco tempo depois a deixando sob-responsabilidade da madrasta que apenas a explora e trata mal por ser meio humana, meio maquina. Mas tudo começa a mudar quando o Principe Kai entra em sua vida, entre descobertas estranhas, uma possível guerra e uma rainha muito cruel, Cinder vê tudo virar de cabeça pra baixo.

   Não consigo resumir muito bem a história sem dar spoilers, o enredo é tão bem manejado que realmente sinto que a forma como resumo ainda pode ser contar demais haha. Minha relação com a obra foi cheia de altos e baixos, de inicio tive dificuldade em conseguir criar apego a Cinder, metade disso é culpa da autora que me deixava bolada com essa mania de sempre lembrar o leitor de que ela era uma ciborgue, é complicado você ir criando um laço com o personagem, mas logo depois algum outro te lembra de que esse “ser” não pode “sentir”, é meio complicado isso, pelo menos na minha visão, mas vamos deixar o debate pra outra hora, a questão toda é que Cinder é um personagem bem estruturado de uma forma que realmente o leitor se apaixona por ela, mesmo querendo enforca-la em outras situações haha. Os outros personagens são uma atração à parte, gosto da relação de Cinder com o Principe Kai não ser cheia de enrolação e melosidade desnecessária, e tirando Cinder, fiquei apaixonada por Iko (a robô) e claro Levana (a vilã), por que tenho o dom de me apaixonar pelos vilões.


   Não consegui encontrar muitos pontos negativos, parte da trama se desenvolve e deixa de ser um mistério antes da metade do livro, talvez por aberturas da autora ou por já ser um clichê que conhecemos bem, mas isso não tira a graça da obra, porque outros fatores nos mantém presos a ela. O final deixou aquela abertura básica pra continuação, e antes de lembrar que havia continuação eu quase surtei com aquele final sem final haha, segundos de angustia e raiva sem sentido, mas okey né?
Eles podem manipula-la de forma que as pessoas vejam o que os lunares quiserem e até mesmo sintam o que os lunares desejam. Encanto é o nome que eles dão a ilusão de si mesmos que projetam na mente dos outros.

   Cinder é uma obra incrível, podemos até mesmo dizer que é um scifi mais leve, se é que isso é possível haha, mas uma boa releitura a ser lida por quem não somente gosta dessas inovações nas obras antigas, mas adora uma boa história.
Nota:





15 comentários:

  1. Primeiro, parabéns pela resenha e proteja fotos!!!
    Achei o livro muito interessante, e também fico meo brada com finais abertos haha
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Que resenha mais linda! Já quero esse livro, sempre tive dúvidas se valia a pena ou não pagar um absurdo por esse livro, mas já vi que vale sim!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Olá Paac, tudo bem?

    Confesso que não conhecia a obra, é o primeiro contato que tenho com a autora e o livro Cinder. Gostei da sua resenha por ter ficado curta e objetiva, a foto ficou muito bonita também. Fico contente que tenha gostado da leitura, porém não pretendo ler!
    Bjuss

    ResponderExcluir
  4. Hey, Paac!

    Eu acho as capas dessa série tããããoooo lindas! *-*
    Já tem muito tempo que tenho vontade de ler, mas tenho medo também.
    Eu não gosto de ficção científica, nunca gostei. E até comecei a ler o e-book, mas acabei abandonando porque não consegui me conectar à história. Aí eu fico nesse impasse: Dou outra chance ou não? rsrs
    Ainda não sei!
    Mas por ora eu não vou ler, não.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi. Comprei o terceiro livro desta trilogia sem perceber, kkkkk. Agora estou com ele parado na estante, esperando eu comprar os outros dois livros e ler.

    ResponderExcluir
  6. Eu curto muito releituras de contos de fadas e já ouvi falar super bem desse livro!
    Não gosto quando o autor fica repetindo informações como se já não soubéssemos, mas que bom que no geral foi uma ótima leitura. Vou adicionar à minha (interminável) lista.

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de fevereiro você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  7. Oi Paac,
    Muita gente já falou bem dessa série, mas achei que ela fosse muito "conto de fada" ou "livro para meninas". Não me entenda mal, gosto de ambos os estilos, simplesmente não era o que estava com vontade de ler naquele momento. Foi quando o Paulo Ratz, do canal Livraria em Casa, disse que amou Cinder que percebi que o livro poderia ser muito mais do que estava imaginando.
    Sua resenha só veio reforçar minha vontade de ler essa série. Valeu!!
    Beijos,
    André, do Garotos Perdidos
    Tem sorteio de 2 livros rolando lá no blog. Não deixe de participar :}

    ResponderExcluir
  8. Olá Paac, eu amo releitura de contos de fada e pelos seus comentários esse foge do padrão e tem um enredo bem elaborado e diferente *-* Adorei a dica e já para listinha de desejados *-*

    Meu Mundo, Meu Estilo

    ResponderExcluir
  9. Paac, estou com Cinder aqui e será uma das minhas próximas leituras! Sua resenha só me deixou com mais vontade de ler! Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu nunca li nada parecido. Contos de fadas com sci-fi? Já quero só pela originalidade.
    Fiquei curiosa quanto ao enredo, o fundo distópico foi um po to a maid para eu me interessar pela obra, já que sou fissurada em distopia.
    Pela sua resenha você curtiu bastante a leitura. O fato dela ser leve é bom, pois atrai um público maior.
    Abs e obrigada pela ! Vou iniciar essa série assim que eu desencalhar e terminar as outras que eu tenho na estante.
    Abs ^^

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro contos de fada mais atuais. Não vejo a hora de ler esse livro! Parece ser muito, muito legal. Parecer ser uma história bem criativa, nunca imaginaria uma releitura do conto de fadas da Cinderela envolvendo humanos e ciborgues.
    Ah e eu também costumo me apegar aos vilões hahah
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu tô apaixonada por essa série antes mesmo de começar a ler! eheheh Eu sou muito suspeita quando se trata de versões da Cinderella e quero muito ler esse livro.
    Adorei a resenha sem spoilers mas que, ao mesmo tempo, mostrou todo o interesse que a trama lhe passou.
    xoxo

    ResponderExcluir
  13. Olá Pac! Faz tempo que estou com vontade de ler essa série de livros, além das capas que são lindonas, a história parece muito interessante.

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Todo mundo fala tão bem desse livro, mas ainda não tive oportunidade de lê-lo, espero poder ler logo pra te contar o que eu achei também.

    ResponderExcluir
  15. Te disse um milhão de vezes que esse era o melhor livro que você vai ler na sua vida. Tão feliz que finalmente você resolveu dar uma chance a série!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.