Entrevista com o Vampiro: A história de Cláudia de Anne Rice

Título: Entrevista com o Vampiro - A História de Claudia
Autor: Anne Rice
Ilstradora: Ashley Marie
Editora: Rocco
Ano: 2015
Páginas: 224
Skoob: Adicione

Sinopse: Esta não é simplesmente uma adaptação para os quadrinhos de Entrevista com o Vampiro, best-seller de Anne Rice que virou filme em 1994. Meticulosamente ilustrado por Ashley Marie Witter, a versão em graphic novel do livro de estreia da rainha dos vampiros reconta a história sob um ponto de vista inédito: o da vampira criança Cláudia, a imortal de 6 anos de idade, órfã e assassina, vítima e monstro, representada por Kirsten Dunst na versão cinematográfica. As ilustrações em tons de sépia retratam fielmente os personagens andróginos de Rice e ainda reforçam o clima sensual e sombrio da obra original, renovando e enriquecendo a narrativa.


   Quero deixar claro aqui nesse início de resenha que nunca li os livros da Anne Rice, e conheço pouco da história original, porém foi essa curiosidade um dos maiores motivadores em ler esse quadrinho.
   Cláudia é uma criança que foi transformada em vampira por Lestat, que ao ver seu companheiro Louis muito triste e prestes a abandoná-lo, resolve transformar Cláudia em vampira. Mas com o passar dos anos a garota vai se desenvolvendo e sua personalidade adulta já não condiz com seu corpo infantil.
   Ao iniciar o quadrinho, eu imaginei que ele seria um tanto cruel, porém jamais imaginei uma tragédia tão grande. A história nos revela um lado humano, mas ainda assim cruel do vampiro, esse ser que é tão sedutor e mortal a nós humanos, porém há uma contrapartida, o sofrimento, que essa maldição pode trazer. Cláudia é uma criança, que se torna mulher, mas continua presa em um corpo infantil, e essa prisão a torna ainda mais cruel, manipuladora e sádica, por querer despejar sua dor interna em quem a tornou assim. Ainda não li os primeiros livros, mas fiquei curiosa em ver essa clássica tragédia descrita de outro ângulo, e toda essa curiosidade apenas por causa de Cláudia.
   O quadrinho em si é um prazer a ser visto, um traço muito próximo aos que vemos nos mangás, com tons fortes de vermelho nas cenas sangrentas, dando uma atmosfera mais rude e macabra a história. Como disse antes, um prazer a ser lido!

Nota:








5 comentários:

  1. Olá, não sabia que existia esse quadrinho, já quero ler! Já li um dos livros das Crônicas Vampirescas, mas preciso ler ainda esse que traz a história da Claudia e , agora, o quadrinho.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de ler esse quadrinho decide que preciso ler os livros kk.

      Excluir
  2. Já tinha ouvido falar da autora, inclusive me indicaram alguns livros dela. Mas creio que esse seja o que mais me chamou atenção. Caraca, que história, e olha que não curto tanto essa coisa de vampiros. Aliás, parabéns pela resenha, ela me instigou bastante <3

    ResponderExcluir
  3. soua paixonada pela série de Anne Rice e tô morta de vontade de conhecer a história pela perspectiva de Claudia, ainda mais sendo um quadrinho tão bem ilustrado...ansiosa pro meu exemplar chegar ^^

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada da Anne Rice, mas já vi esse quadrinho por ai e sempre fico animada, embora confesse que não costumo ler quadrinhos. Bom, ultimamente poucas histórias sobre vampiros estão chamando a minha atenção, mas essa parece ser muito interessante.

    Beijos :*

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.