O Livro do Cemitério de Neil Gaiman e P. Craig Russell


Título: O Livro do Cemitério
Autora: Neil Gaiman e P. Craig Russell
Série: O Livro do Cemitério #1
Ano: 2017
Editora: Rocco JOvens Leitores
Página: 192
Skoob: Adicione


Sinopse: Bestseller do The New York Times e premiado com as medalhas Newbery (EUA) e Carnegie (Reino Unido), o romance O livro do cemitério, do cultuado escritor Neil Gaiman, ganha versão em quadrinhos adaptada por P. Craig Russell, parceiro de Gaiman em diversos livros, incluindo a versão em HQ de outro clássico do autor, Coraline. O livro é o primeiro de dois volumes que acompanham a trajetória de Ninguém Owens, ou Nin, um garoto como outro qualquer, exceto pelo fato de morar em um cemitério e ser criado por fantasmas. Cada capítulo nesta adaptação de Russell acompanha dois anos da vida do menino e é ilustrado por um artista diferente, apresentando uma variedade fascinante de estilos que dão ainda mais vida à atmosfera ao mesmo tempo afetuosa e sombria da história.


   Não é a primeira e espero que nem a última obra que leio de Gaiman, e esse quadrinho me deu uma perspectiva nova de como o autor escreve, mas também me remeteu um pouco a aura sombria que ele colocou em Sandman.


  Em uma noite sombria um assassino chamado Jack ataca uma família, mas ao chegar o quarto da criança mais nova não encontra ninguém, o bebê que ali estava saiu da casa e acabou indo parar no cemitério da cidade. O que ninguém sabe é que ali naquele cemitério habitam não somente espíritos, mas também um vampiro e temendo pela criança resolvem cuidar dela. Anos se passam e a criança agora apelidada de Nin vive entre mortos pois recebeu a liberdade do cemitério, porém todo o cuidado daqueles que estão ao seu redor não parecem ser o suficiente pra protege-lo dos perigos do mundo fora do cemitério e nem mesmo o que habitam ali dentro.


   Essa é minha primeira experiência completa com um quadrinho de Gaiman, eu já havia lido alguns volumes de Sandman mas sem ordem e sem entender toda a história. E esse quadrinho me trouxe toda as expectativas de ler algo produzido por Gaiman, e não me decepcionei. Nin apesar de ter passado por uma situação perigosa era muito pequeno pra se lembrar, então tudo que sabemos dele é o que ocorre após sua chegada ao cemitério, e o foco do quadrinho é justamente a visão de Nin sobre tudo que passa durante esses anos de crescimento no cemitério tendo pais fantasmas.

   Apesar de todo o contexto sombrio que vem com a ambientação da história, o quadrinho ao meu ver não é de terror, na verdade é uma coisa linda de se ver e ler, as relações de Nin com os espíritos do cemitério e também com Silas, o vampiro, são relações de família e amigos, aquele é o convívio dele e o que vamos acompanhando é sua compreensão de um mundo para além do cemitério.


   O Livro do Cemitério é uma obra de fantasia que traz uma perspectiva diferente de relações e também de o que deveria ser comum. Uma obra linda de ser vista, por seus traços diferentes a cada capítulo, e incrível de ser lida por trazer à imaginação uma história incomum.

Nota:









19 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Quero muito ler essa HQ, pois, nunca li nada do autor e quero começar por essa leitura que muitos me indicam.

    Beijinhos,
    http://livroseimaginacoes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Paac! Tudo bem?

    Caramba, esse livro deve ser de fato muito bom, gostei das ilustrações, gostei de saber que é um livro de literatura fantástica. Ler as obras de Neil Gaiman é sempre prazeroso!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Já é a segunda resenha que vejo desse livro e, mais uma vez, fiquei com vontade de conhecer. Há muito que não tenho contato com as histórias em quadrinhos e algo escrito por Gaiman é algo que vale a pena ser conferido, né? Adorei!

    Beijinhos,
    https://literaleitura2013.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem? Eu sou apaixonada pela literatura do Neil Gaiman, mas ainda não li nenhuma graphic novel dele, por serem bastante caras </3 É claro que eu entendo o porquê, uma vez que o projeto editorial é muito mais elaborado, mas confesso que fico bem triste. Esse é uma das que quero logo ler, especialmente porque ele parece resgatar a literatura infanto-juvenil, algo que sei que o Gaiman faz bastante bem. Apesar de ter um vampiro na história (sou eternamente traumatizada com Crepúsculo e seus vampiros bobos), ela me cativou muito. Gosto muito do teor fantástico e sei que o Gaiman também o faz muito bem. O projeto gráfico tá lindo, muito cativante! Adorei sua resenha e suas fotos! :)

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Acho inovador um HQ do Gaiman e só tenho visto elogios quanto a este. Gostei que ele possui 5 artistas diferentes ilustrando ele, realmente deve ser uma coisa linda de se ler.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiie
    Imagino que deva ser uma hq maravilhosa, não vejo a hora de ler. Amo a escrita do Neil Gaiman, já li dois livros ele, um eu amei e o outro nem tanto, mas quero ler tudo dele, porque gosto das temáticas do que ele escreve. Tenho interesse também em ler Sandman, espero gostar. Sua resenha só me animou ainda mais pra ler O livro do cemitério, amei!
    Bjos, Bya!💋

    ResponderExcluir
  7. Neil Gaiman nunca decepciona néé!! Nunca tive a chance de ler um HQ dele mas morro de vontade e só de saber que a ilustração é bonita e o enredo mesmo com o toque sombrio trás partes muito fofas! Recomendo Coraline pra ti!!

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Nunca li nada do autor, porém tenho bastante curiosidade. Esse livro de quadrinhos parece ser bem interessante, fiquei curiosa. Ótima resenha!

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Essa obra é lindinha, me arrependi de não ter solicitado na parceria, fiquei sabendo que cada capitulo é ilustrado por um artista diferente e isso me deixou bastante curiosa, adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    ADOREI sua resenha! Sério! Nunca ouvi falar dessa obra antes, e me parece ser uma leitura bem envolvente e linda de fazer. Amo fantasia e com certeza sera uma leitura muito prazerosa! 💕

    ResponderExcluir
  11. Primeiro que não sabia que o Sandman era do Neil Gaiman e nem que ele fazia quadrinhos (a única coisa que li dele foi o Stardust, que é uma gracinha).
    Achei os detalhes do desenho muito bons (apesar de só ter uma foto, me manda mais umas fotinhos no messenger, vai que eu animo a comprar).
    O Gaiman tem mesmo uma imaginação incomum, não?

    Beijos, sua lindona <3

    Degradê Invisível

    ResponderExcluir
  12. Oi Paac, já li dois livros do Gaiman e confesso que não consegui me conectar com as histórias deles. Eu tenho aqui em casa uma versão deste livro, mas normal, sem ser quadrinhos que uma amiga emprestou, mas por conta destas outras leituras, não li ainda. Esta versão de Hq está muito bonita.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Do Gaiman li Um Oceano no Fim do Caminho, um livro que não esqueço. Este do post conheço, mas como não é meu gênero literário, não despertou meu interesse e curiosidade pela leitura. Porém, lendo sua resenha, percebi que ´o estilo do meu filho. Ele que gosta de livros assim, fantasmas, cemitérios e mistérios. Dica anotada para ele, para mim, fica para a próxima! Bjo
    http://colecionandoromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Paac, engraçado que acabei de ler outra resenha sobre essa HQ do Russel, amo o gênero Graphic Novel! Meu primeiro livro de 2018 foi Coraline (HQ também de Russel) e amei. Por ter amado e já gostar de Gaiman desde que vi o filme Stardust e anos depois li o livro homônimo, coloquei mais esse em minha lista de futuras leituras. Lógico que também quero ler os originais, vamos ver se consigo!

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  15. Eu achei essa edição muito bonita e desde que a vi eu me interessei por ela. Adorei a tua resenha e poder conhecer um pouco mais sobre a obra, as ilustrações parecem estar incríveis.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Eu ainda não tive oportunidade de ler nenhuma obra desse autor, mas fiquei interessada com essa premissa. Apesar de fantasia não ser meu gênero preferido quero ler ainda algum livro desse autor.
    Acredito que esse possa ser uma boa experiência.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Acredita que nunca li nada do Neil Gaiman? Tenho muito curiosidade, porque sempre vejo muitos elogios.
    Ainda não conhecia essa HQ, que é algo que não costumo ler. Porém, por se tratar de literatura fantástica e porque me pareceu que essa obra tem o traço muito bonito, fiquei curiosa e vou adicionar na minha lista dos desejados.
    Adorei a dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oii Paac, tudo bem?
    Que demais essa sua resenha, eu fiquei encantada ainda mais sendo do Neil, é de ficar apaixonada principalmente pelo enredo tão envolvente e cheio de suspense, dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Olá, muito boa sua resenha, fiquei com ainda mais vontade de ler esse quadrinho. Super inusitada essa história de o personagem ser criado no cemitério.

    ResponderExcluir

@bardaliterária