Os Crimes da Rua Morgue de Edgar Allan Poe


Título: Os Crimes da Rua Morgue e Outras Histórias Extraordinárias
Autora: Edgard Allan Poe
Tradutora: Clarice Lispector
Ano: 2017
Editora: Fantástica Rocco
Página: 224


Sinopse: Com “Os crimes da rua Morgue”, Edgar Allan Poe inaugurou, em 1841, a moderna literatura policial e criou um de seus mais célebres detetives, o até hoje reverenciado Auguste Dupin. O conto, que narra a memorável investigação do assassinato de duas mulheres em um quarto fechado, é o carro-chefe desta reunião de histórias de terror e mistério traduzida por ninguém menos que Clarice Lispector. Grande leitora e fã da literatura policial, a escritora, que também verteu para o português os livros de Agatha Christie sob o pseudônimo de Mary Westmacott, empresta seu talento invulgar ao gênio de Poe, trazendo para o leitor brasileiro histórias como “A máscara da morte rubra”, “O gato preto”, “Ligeia” e outras. Lançamento do selo Fantástica Rocco, esta edição de Os crimes da rua Morgue e outras histórias extraordinárias recupera este encontro, literalmente, fantástico.


   E eis aqui meu imenso amor por finalmente ler algo escrito por Poe, e mais honrosamente ter a tradução e o toque de Clarice Lispector.

  O livro é uma pequena coletânea de contos de horror e fantasia criados por Edgar Allan Poe e traduzidos por Clarice, nele o autor nos apresentar seu famoso conto Os Crimes da Rua Morgue produzido em 1841 em que o famoso Detetive Auguste Dupin se vê diante do assassinato de duas mulheres em um pequeno quarto e agora precisa descobrir o que houve ali. Contando com 18 contos mais um Posfácio, somos conduzidos a conhecer um pouco mais dos contos de Edgar, entre eles o famoso conto O gato preto.


   Apesar da imensa vontade de contar um pouco de cada conto, vou segurar a animação e me manter na zona segura e longe do spoiler. Esse livro é minha primeira experiência concreta não somente com Poe como também com Clarice, e creio que todo meu encanto é devido ao pouco de cada um, de Clarice por conseguir traduzir e adaptar de forma ilustre e Edgar por ser tão bom e genial ao ponto de ser atual e assustador mesmo após todos esses anos.

   Alguns contos beiram a bizarrice como o conto “ Os  dentes de Berenice “, em que conhecemos Egeu e suas obsessões, e temos o prazer ou talvez desprazer de ler sobre seu lado mais obscuro e sinistro. Mas meu amor ficou com “ O Gato Preto” que merece ser lido por todos que ainda não conhecem a história do gato plutão e sua trágica vida.


   Os Crimes da Rua Morgue é uma obra que traz ao leitor a chance de conhecer e ler os contos mais sombrios, bizarros e por vezes assustadores criado pelo mestre do mistério Edgar Allan Poe.


Nota:






Nenhum comentário:

Postar um comentário

@bardaliterária