“Às vezes você encontra na música as respostas que procura, quase sem procurar. E, mesmo que não encontre, pelo menos acha os mesmos sentimentos que está experimentando. Alguém já os experimentou. Você não se sente sozinho. (…) Ao tocá-las, é como se você enfrentasse aqueles monstros, mesmo quando nem sabe que nome eles têm.”
Branca como o Leite, Vermelha como o Sangue (Alessandro D’Avenia)

“Não torne as coisas piores, pensando que dói mais do que você realmente está sentindo.”
O Menino do Pijama Listrado (John Boyne)

 “No amor, a dor é proporcional à beleza da história que você viveu.”
Desculpa se te chamo de Amor  (Federico Moccia) 

 “Todo mundo tem alguma coisa que gostaria de mudar no passado.”
O Melhor de Mim (Nicholas Sparks)

“E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça - que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca - levanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário: por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.”
Dom Casmurro (Machado de Assis)

“Sei, no fundo, que sempre serei sua, e ele sempre será meu. Percorremos um longo caminho juntos, e ainda temos muito que caminhar, mas somos feitos um para o outro. Somos almas gêmeas.”
50 Tons Mais Escuros (E. L. James)

 “O que eu tenho que fazer para você entender? Para você ver que quero você do jeito que for. Que eu amo você.”
50 Tons de Cinza (E. L. James)

 “Tudo que acontece uma vez poderá nunca mais acontecer, mas tudo o que acontece duas vezes, certamente acontecera uma terceira.”
O alquimista (Paulo Coelho)

 “- Você não reclama! – interrompeu Tito – meu amor, como um pássaro criado em uma gaiola pode reclamar seu vôo? Como um leão criado em um circo pode reclamar pela savana? Como uma pessoa criada entre as paredes do ‘real’, com seus pensamentos de estimação, pode ter noção do poder infinito da liberdade de sua individualidade? Se você nunca passou por essa experiência, como pode julgar os que tiveram essa aventura libertadora? Mas o que é o real, Nina?”
A Filosofia do Diabo  (Roberto Axe)

“Sei que não vê, Dumbledore - disse a professora parecendo meio exasperada, meio admirada. - Mas você é diferente. Todo mundo sabe que é o único de quem Você-Sabe… ah, está bem, de quem Voldemort tem medo.”
Harry Potter e a Pedra Filosofal (J.K. Rowling)



“É… é verdade? - gaguejou a professora. - Depois de tudo o que ele fez… todas as pessoas que matou… não conseguiu matar um garotinho? É simplesmente espantoso… de tudo que poderia detê-lo… mas, por Deus, como foi que Harry sobreviveu?”
Harry Potter e a Pedra Filosofal (J.K. Rowling)

“O corpo reflete a loucura interior.”
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (J. K. Rowling)


“A única coisa que Harry gostava em sua aparência era uma cicatriz fininha na testa que tinha a forma de um raio. Existia desde que se entendia por gente e a primeira pergunta que se lembrava de ter feito à tia Petúnia era como a arranjara.”
Harry Potter e a Pedra Filosofal (J.K.Rowling)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.