Primeiras Impressões: A Playlist de Hayden de Michelle Falkoff!


Heey como vão? Essa semana chegou aqui em casa outro livreto da Editora Novo Conceito dessa vez com os 8 primeiros capítulos do livro 'A Playlist de Hayden'que nada mais é que o primeiro livro da escritora Michelle Falkoff.



Título Original: A Playlist de Hayden
Autor: Michelle Falkoff
Ano: 2015
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito
Adicione: Skoob

Sinopse: A playlist de Hayden - Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.

O livro começa com Sam (melhor amigo de Hayden) entrando em seu quarto, após uma briga que tiveram, e descobrindo o corpo de Hayden em sua cama ao lado de uma garrafa de vodca e no chão um pen drive com músicas que ele deixou para Sam.

O silêncio no quarto começou a me apavorar. Eu continuava a tentar a me convencer de que aquilo não era nada, de Hayden tinha apenas encontrado uma boa posição para dormir.

A partir desse momento Sam se vê envolto em várias questões como: Porque Hayden se suicidou, Porque todos fingiam se importar, Como lidar com todas aquelas emoções e Quem é Arquimago_Ged. 

Muitas pessoas querem ser invisíveis. Talvez elas até pensem que podem fingir que são. Mas sempre alguém as vê.

O universo do livro é todo em torno de como Sam vai lidando com todas as situações recorrentes ao suicidio de Hayden, amei as referências musicais e também ao mundo gamer, que jogue a primeira pedra quem nunca jogou nada na vida, como boa gamer acabei me interessando pelo livro e estou louca pra ler o final. Quero ver como a autora vai desenrolar todas as dúvidas de Sam e como alguns personagens se encaixam no contexto.
Deixo aqui mais duas quotes que selecionei e que acabam mostrando um pouquinho mais de como Sam está lidando com tudo:

Eu me considerava sortudo por ter feito um amigo tão bom, alguém que fez com que eu deixasse de me sentir solitário, e durante anos isso foi o suficiente. Até que não era mais.

O que ele esperava que eu disesse? Que ambos éramos desajustados sociais que não conseguiam se encaixar em lugar nenhum? Que salvamos um ao outro da solidão durante um bom tempo e que de repente estava tudo acabado?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.