Cantinho do Leitor #11: Ler

- Porque você gosta tanto de livros?
 Perguntou-me com aqueles olhos castanhos gigantes. Eu fiquei em silencio, mas quanto mais o silencio se estendia sobre nós mais os olhos dele ficavam maiores. Ele queria mesmo uma resposta. Queria saber porque eu mergulhava por horas e horas dentro de um romance qualquer ou ficava dias presa numa mesma fantasia. Era difícil para mim reconhecer que ele não me entendia, mas respirei fundo e tentei explicar. Acontece que nem todos conseguem entender o que é um livro, ele era um desses, e eu o amava, não podia julga-lo só porque ele não conseguia ver meu mundo, afinal ele o aceitava, mesmo meu mundo sendo meio bagunçado. 

- Olha, Felipe, os livros são minha casa. Sabe? 

Ele balança a cabeça negativamente. Não entendeu nada. 

- Como posso te explicar? Já quis viajar muito para um lugar? 

Ele diz que sim. 

- Então, o que acontece é que todos os lugares que eu quero visitar não ficam nesse mundo. Não há magia em visitar a Transilvânia se eu não vou  poder ver o Drácula. Entende? Me diz, que graça tem ir até Notre Dame se o Corcunda não vai estar lá? Por isso, eu prefiro encontra-los sempre nos livros. É bem mais divertido. 

Ele me olhava de jeito estranho. Não tinha entendido nada. 

- Olha, eu não sei quantos anos de vida eu vou ter. Mas posso te dizer quantas pessoas eu já fui. Eu já fui Lúcia e Susana entrando por um guarda-roupa mágico. Já fui Carolina e Cinderela. Já fui Gabriela e Annabeth. Eu já me chamei Hermione em uma Escola de Magia muito legal. Um dia eu venci os Jogos Vorazes com Peeta, foram tempos difícies. Eu perdi meu namorado pro câncer também uma vez, mas apesar de ter chorado muito, eu sei que Augustus foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido. Eu roubei um dragão uma vez com treze anões... Aquele dia foi muito louco. Ja fui considerada a mulher mais bonita da Terra, teve até uma guerra por minha causa. Não foi minha culpa, Páris e Menelau deveriam ter parado. Eu já me apaixonei tantas vezes que nem conto mais, mas toda a vez é como se fosse a primeira. 

Ficou um silêncio entre a gente. De novo. Olhei no fundo dos olhos de Felipe. Ele fazia uma cara de nada a ver ou cê-é-muito-louca; Dei de ombros. Tudo bem pra mim. Eu não me importava. Di-lhe um beijo de despedida e me levantei da calçada. 

- Tchau, Lipe. Eu tenho que ir. 

Atrás dele um Pequeno Príncipe com cabelos cor de areia me chamava. Ele precisava de um carneiro e eu não tinha tempo para perder. Saí correndo para a casa com meu livro na mão. Amanhã, talvez  o Lipe entendesse. Ou não. Mas hoje eu tinha que cativar um menino e mais tarde ir pra Terra do Nunca...

13 comentários:

  1. Simplesmente perfeito seu texto (não vou exceder a perfeição, pois precisa de uma revisão gramatical, nada que abale seu texto, sempre esqueço uma letra ou outra também), sua resposta foi encantadora e verdadeira, fiquei até emocionada unir todas as pessoas que podemos ser em uma frase e saber que há mais... Entendo o garoto também, aposto que se eu não gostasse de ler ficaria olhando para você ponderando se ficou louca rss, sei disso porque me sinto assim quando meu irmão começa a falar sobre peças, funções, modelos e outras coisas sobre carros. Enfim, amei <3

    Bjs

    Colaboradora: http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Gaby, tudo bem?
    Seu texto é simplesmente perfeito!
    Acho que todo leitor vai se identificar com ele, pois nós somos muitas vezes incompreendidos pelas pessoas que não gostam de ler...

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá :) Nossa, que texto lindo, *-* gostei muito! *-* Sem dúvida, retrata as sensações que os livros proporcionam, :) ler é uma ótima forma de viajar e conhecer outros mundos, *-* sonhar e imaginar. :D
    Desejo sucesso! Parabéns elo texto! ;) Beijão!
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  4. Oiê Gabi
    achei o seu texto bem legal, adoro posts com textos criados pelos escritores do blog, rsrs,
    Bjks
    Passa Lá - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. :) Muito bonito seu texto! Continue assim.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto!
    Gosto de posts assim!

    Beijinhoss...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi! Tudo bem?

    Paac, acho muito legal ceder um espaço do seu blog aos leitores.

    Gabi, o texto tá muito legal! Só acho que faltou revisar um pouco antes de postar...

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  8. OI Gabriela!
    Que texto lindo gente!! *----*
    Tem gente que não entende mesmo esse nosso fascínio pelos livros, mas eu não me importo. Todo o leitor vai se identificar com esse texto e ficar muito feliz com o final!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Olá Paac, bastante interessante um espaço para os leitores e o texto foi muito bem escrito do inicio ao fim. Ficou algo bem original.
    www.saotantas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Que belo texto! Adorei.
    Só mesmo um leitor assíduo morreu nas mãos de vilões cruéis, visitou planetas ainda desconhecidos pelo homem, falou línguas arcaicas e já perdidas na História, casou-se, separou-se, traiu e foi traído... Sem nem sair do seu sofá, hahaha. Adorei, flor. Parabéns pelo texto.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, Gaby.
    Que texto lindo! Eu não sou muito de falar que 'vivi muitas vidas' através dos livros, mas amei o que escreveu, principalmente pela forma que foi escrito. Parabéns! Tu escreve muito bem :)

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  12. Gente que lindo!!! Quem nunca viveu essas vidas ou já foi algum desse personagens lindos.Texto perfeito para transmitir a essência de uma leitor.
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi oiii!
    Que texto incrível, me identifiquei demais. Alguns dos meus amigos também não entendem todo esse amor que eu sinto pelos livros e bom, eu também nunca sei como explicar hahahaha
    Agora sempre que alguém perguntar vou mandar esse texto.
    Ficou lindo demais, parabéns.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.