31 Profissão Solteira de Claudia Aldana

Título: 31 Profissão Solteira
Autor: Claudia Aldana
Ano: 2015
Editora: Primavera Editorial
Páginas: 295 páginas
Skoob: Adicione

Sinopse: Consuelo Aldunate parece ter tudo o que uma mulher quer: independência financeira, um bom grupo de amigos, um trabalho divertido, um guarda-roupa invejável e um apartamento top. Mas Consuelo quer uma coisa que para muitas mulheres pode soar básico. Um acessório difícil de conseguir, embora pareça estar em toda parte: um homem. Exigente, ela não quer qualquer homem; quer um próprio, privatizado e que possa mostrar a todos. Por isso arregaça as mangas e sai à procura de um namorado por todos os lugares onde possa haver homens interessantes e disponíveis. Nessa busca, entre drinques e encontros insólitos, a anti-heroina vai descobrindo que é difícil deixar de ser solteira. Com humor inteligente, a personagem mostra que por mais que esteja na moda ser single, há momentos em que daria tudo para ter alguém esperando por ela em casa.

   31 profissão solteira conta as aventuras e desventuras de Consuelo Aldunate uma mulher solteira que cansou da vida de solteirices e agora está em busca do seu grande amor, uma boa companhia para passar os seus dias solitários e nessa sua trajetória acaba se metendo em muitas confusões.
Por que será que sempre envio as vibrações erradas aos homens idem? Não percebem que hoje tenho uma noitada já reservada? Sempre o mesmo: tento parecer grandiloquente, exagero e acabo parecendo vulgar.

   31 profissão solteira é escrito pela autora e jornalista chilena Claudia Aldana que ficou famosa com uma coluna para mulheres solteiras na faixa de idade dos 30, o livro é uma união de alguns textos escritos para a coluna. A edição está linda, a capa chamativa me deixou curiosa assim que vi, a diagramação está bem feita em páginas amareladas apesar da leve transparência.


  O livro tem uma escrita leve e engraçada, as histórias e desventuras de Consuelo são bem verossímeis e mesmo não estando na faixa etária da personagem eu consigo me ver um pouco nela, nesses momentos de se sentir bem solteira, de ser livre para tomar suas decisões e por essa empatia com a personagem acabei me apaixonando ainda mais pela escrita da autora. Amei ler sobre uma personagem forte, independente e que sabe bem o que quer e mesmo com seus momentos de altos e baixos e as decepções ela vai atrás sem temer.

É que eu odeio me expor. Ter que chegar para meus ex-companheiros e dizer: "Olá, sou Consuelo , a vida me trata bem. Sim, continuo solteira, mas é por opção, e também não sou fanática: tenho um bom trabalho, uma gata que me ignora, uma amiga que fica entediada comigo e um amigo que não trouxe junto para que vocês não percebessem meu desespero". Que ruim ter que se definir em termos tão baixos. Preciso de auto-estima urgente. Tenho que pesquisar onde a vendem.
Nota:


24 comentários:

  1. Oiii, tudo bem?
    Adorei ver que você gostou deste livro, eu já havia visto para comprar. Porém, não tinha lido algo sobre e gostei! Bem diferente do que costumo ler e seria uma nova aventura para mim. Além do mais, achei a diagramação linda.
    Beijão

    ResponderExcluir
  2. Oie.
    Esse definitivamente não é meu gênero. Mas achei tão leve sua resenha que tive vontade de ler e rir um pouco com ele.
    Realmente, está na moda ser "single", mas as vezes bate aquela vontade de ter alguém. Kkkk.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oiii!
    Nunca ouvi falar do livro e raramente leio algo com protagonistas nessa faixa etária, não me interesso muito, mas pela sua resenha achei bem interessante. Flores no Outono

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um livro bem divertido mesmo.As vezes tudo que a gente precisa é de uma leitura leve e engraçada,depois de histórias intensas.
    A Capa também tá muito legal.
    Curti muito a resenha,me convenceu!
    Beijo

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá, gostei da resenha, ainda não conhecia o livro mas achei a temática super interessante e essa capa muito bonita.

    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Nossa, quando li a sinopse achei que a história podia ter tudo pra cair em um clichêzão sabe? Mas pela sua resenha conseguiram contornar bem isso e fazer um humor inteligente. Que legal. Deve ser interessante mesmo. Gostei! Parabéns pela ótima resenha

    http://fluorescente.co/

    ResponderExcluir
  7. Eu não gosto muito desses enredos onde a mulher tem que ir a procura de um namorado como se isso fosse um artigo de necessidade na vida dela, mas como eu não conheço a autora e eu posso acabar gostando da escrita dela, quero dar uma chance ao livro.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Imagino AA situações engraçadas que a personagem se mete em busca do do seu grande amor. Mesmo parecendo um livro divertido não faz muito meu gênero. Vou deixar para a próxima.
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    haha já adorei o ''ela quer um próprio, privatizado e que possa mostrar'' da sinopse. Pelo visto é um chick-lit, certo? Achei a premissa bem legal e o livro parece ser engraçado, com certeza o leria!
    Beijos,
    Andy - http://starbooks.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim sim andy é um chick e ele realmente é bem engraçado.

      Excluir
  10. Oi Paac, sua linda, tudo bem
    Esse livro parece ser muito fofo e vem divertido, ótimo para aqueles dias de ressacas literárias em que só queremos um livro bem leve para nos acalmar. Dica mais do que anotada, sua resenha ficou ótima!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Hey,
    Achei diferente a forma como o livro é composto e a ideia é interessante. Não fiquei morrendo de vontade de ler esse livro, mas parece ser leve e divertido o bastante para ser uma leitura que eu não dispensaria dada a oportunidade de lê-la.
    Beijos,
    Dois Dedos de Prosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim ele é bem leve, uma boa leitura pra um dia chato

      Excluir
  12. Ei, tudo bem?
    Achei bem legal a forma que o livro é composto, e essa edição realmente é muito bonita, mas não curtos histórias desse estilo, então passo a dica. Mas tenho certeza de que quem curte vai adorar.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.