Capitolina, O poder das garotas

Livro: Capitolina, O poder das garotas
Autor: Vários Autores
Editora: Seguinte
Páginas: 191
Skoob: Adicione

Sinopse: Textos escritos e ilustrados por garotas que buscam representar todas as jovens, inclusive as que não se encaixam nos moldes tradicionais da adolescência A revista on-line Capitolina surgiu em 2014 como uma alternativa à mídia tradicional voltada ao público feminino adolescente. Sua proposta é criar um conteúdo colaborativo, inclusivo e livre de preconceitos, abordando temas como relacionamentos, feminismo, cinema, moda, games, viagens e muito mais. Esta edição reúne os melhores textos publicados em um ano de revista, além de vários artigos inéditos e atividades interativas, para que cada leitora também ajude a construir o livro. As jovens vão encontrar conselhos, dicas, reflexões, muito apoio e, principalmente, a sensação de que não estão sozinhas.
*Resenha feita por mim para o Blog Ler e Imaginar

   Capitolina é uma revista on-line cujo o foco é informar e ajudar várias garotas a entenderem seu papel, a se sentirem bem como são e aprenderem um pouco sobre o feminismo, um lugar seguro onde podem ler sobre elas, sobre outras garotas e sobre como é bom poder ser quem você quer ser, sem padrões, sem regras. E após um ano de revista as escritoras resolveram juntar textos conhecidos do site, textos novos, ilustrações lindas, atividades interativas e criar um livro de mesmo nome do site e eis que surgiu o livro Capitolina.
Em muitas discussões sobre feminismo, já me disseram: “Que estranho você falando alto desse jeito! Você é sempre tão delicada/ calma/ tranquila. Você não é assim”. Bom, em alguns momentos eu sinto necessidade de me exaltar, peço desculpas se antes não me sentia assim (brincadeira, não peço não), mas isso mudou agora. E não tenho uma personalidade fixa, tem muitos eus dentro de mim, às vezes ao mesmo tempo, às vezes se alternando.
   Capitolina, O Poder das garotas é o primeiro livro lançado, e é composto por 23 artigos escritos por autoras diferentes, cada um com ilustrações e atividades interativas relacionadas ao conteúdo do mesmo, mas que buscam um único objetivo: debater, ensinar e criar para as mulheres um lugar seguro.
 
   Em cada artigo temos assuntos importantes e bem pertinentes ao dia a dia da mulher atualmente, e apesar dos temas a leitura não é desconfortável, o livro é dividido em 19 temas que vão desde identidade, sonhos, corpo e medos até magia, família, relacionamento, beleza e profissão.

A falta ou má representatividade das mulheres na mídia é problemática porque nossas identidades são construídas a partir das imagens e possibilidades que o mundo nos apresenta. O que vemos em filmes, livros, revistas e programas de televisão exerce uma grande influência sobre nós. O que nós acreditamos ser bonito, correto ou agradável é, em geral, construído a partir dos valores que a mídia nos passa – valores machistas, racistas e heteronormativos. Por isso é importante exigirmos mais representatividade, além de procurarmos ver/ouvir/ler os grupos que são historicamente excluídos e silenciados.
   Capitolina é um livro difícil de ser descrito, cada artigo traz a essência de quem o escreveu, sua experiência, suas vivências e a forma de lidar com tal situação, traz mulheres de hoje, de ontem e de amanhã, discute assuntos que poucos livros ou revistas tem o prazer de falar. Ler cada texto desse livro é como sentir que alguém te compreende e te escuta, é como conversar com uma amiga, eu indico muito a leitura pra quem tem filhas, para quem quer presentear uma amiga, para quem quer apenas se presentear.
Nota:


30 comentários:

  1. Olá,

    adorei a ideia do livro ser escrito por várias autoras e essa capa? muito linda! Ah, antes de confirmar a publicação, eu lembrei, esse livro são de autoras aqui de Juiz de Fora-MG. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gente! Eu acho este livro lindo. Faz tempinho que está na minha lista. Gostei da sua resenha sobre ele, já li algumas, mas não pude captar o que captaei lendo a sua. Gostei do fato de você dizer que ler Capitolina é como conversar com uma amiga. Amei!

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Incrível a ideia dessa revista, assim as garotas ficam mais em informadas e podem se sentir melhor consigo mesmo. Isso vai ajudar várias garotas não apenas em se sentir mais confiante, mas também a ter mais informações que muitas vezes não são tão comentadas.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realmente, passar a informação é sempre o melhor.

      Excluir
  4. É bem interessante esse livro! Se eu fosse uma garota até que leria, mas não curti muito.
    Sei que muitas iriam adorar esse tipo de livro e espero que se identificam.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mas ele não é apenas pra garotas, eu afirmei isso na resenha.

      Excluir
  5. Oi Paac, eu adorei a ideia do livro assim que saiu. Mas acabou passando e deixei de lado, vendo agora sua resenha, me senti atraída novamente. Adorei!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  6. oiii Paac, tudo bem?
    Logo quando o livro foi lançado já me chamou bastante a atenção o assunto <3 quero realmente muito ler essa obra.
    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Oi Paac, o livro parece ser muito fofo <3
    Eu sempre olhava nas livrarias e não sabia sobre o que se tratava o enredo. Achei a ideia muito bacana.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  8. Oi Paac!
    Desde o Lançamento desse livro que fiquei bem curiosa com ele.
    Esse assunto me interessa muito!
    Beijos!
    www.lindaestante.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois leia, compre, escreva, ele é incrível;

      Excluir
  9. Gente,que edição maravilhosa!
    Capa,diagramação,ilustrações...tudo!
    Vou indicar pra algumas amigas...adorei sua resenha!
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a edição realmente está maravilhosa, obrigada <3

      Excluir
  10. Paac, já tinha visto o livro, mas nunca tinha lido uma resenha.
    Adorei sua resenha e achei o livro apaixonante.
    Fiquei mega interessada de me presentear com ele. ^^

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  11. Oie
    tenho ouvido falar muito bem sobre esse livro/revista, achei muito interessante criar isso justamente para mulheres jovens, com certeza é essencial ler e compartilhar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Paac, tudo bem?
    Amei a ideia desta revista on-line, como dito as mulheres não tem muita representividade na mídia ainda, estamos conquistando aos poucos e sim às vezes parece que não, mas pensando em como era antigamente, sim ainda temos muito o que mudar, mas já evoluímos bastante a questão do feminismo. Tem muito mais mulheres se juntando, procurando a respeito e lutando pelos seus direitos.
    Achei muito legal este livro juntar alguns dos artigos mais importantes do site, qualquer forma de divulgação é válida.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Larissa, é importante esse tipo de livro.

      Excluir
  13. Parabéns por passar tão bem a essência do livro. Já havia lido outros textos que apresentavam o livro, mas nenhum apresentou tão bem o conteúdo. Eu quero muito lê-lo, pois acho que preciso mais e mais do conteúdo que esse livro aborda. Na verdade todas as mulheres deveriam lê-lo. Ah, e a revista é uma das que eu mais visito. Ela sempre me ajuda em minhas argumentações, por meio dos temas que aborda.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a revista traz muita informação útil, acho que por isso adorei o livro.

      Excluir
  14. Posso te dar um abraço? Eu acompanho a revista desde antes do lançamento do livro e ela me ensinou muita coisa boa e que acabei compartilhando. É a revista que toda adolescente deveria ler ao menos uma vez (e acabar não abandonando). Eu fico muito orgulhosa das meninas ao ver sua resenha e saber que gostou, a emoção que eu senti quando encostei no livro pela primeira vez tem que se repetir por aí ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a revista é puro amor, toda adolescente deveria conhecer.

      Excluir
  15. Ei, tudo bem?
    Eu não conhecia a revista, mas achei bem interessante a proposta do livro. É legal ter algo que foque nas mulheres e nas nossas dúvidas, trazendo textos que vão se identificar com a gente. Com certeza vou procurar para ler e espero que ele seja tão bom assim para mim também.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  16. Torço pra que seja porque ele é maravilhoso

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.