Raio de Sol de Kim Holden

Título: Raio de Sol
Autora: Kim Holden
Editora: Planeta
Ano: 2016
Paginas:  448
Skoob: Adicione
Sinopse: Segredos.
Todo mundo tem um.
Alguns são maiores que os outros.
Alguns, quando revelados,
Podem curar você...
E outros podem acabar com você.
Faça épico, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.
E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo.

    Eu tentei começar esta resenha de várias maneiras diferentes. Tentei escrever com milhares de palavras diferentes, mas foi muito complicado conseguir finalizar este texto, porque o livro me deixou completamente sem palavras. Tudo o que eu tenho vontade de dizer à vocês é: leiam. Porque Raio de Sol é aquele livro que você lê e quer que o mundo inteiro leia também; quer bordar uma camiseta com seu quote favorito e dar pros seus filhos os nomes dos personagens. Sim. O livro teve todo esse efeito sobre mim. 
    Para começar, a escrita de Kim é tão envolvente e fácil que eu mal notei que o livro tivesse mais de quatrocentas páginas e quando me dei conta disso eu já o tinha terminado. Em dois dias. A proposta parece um pouco clichê no início e você imagina um final previsível pelo modo que a história começa a se desenrolar, mas de clichê este livro não tem nada e me deixou de queixo caído no final, porque eu não esperava que fosse tão bom e que eu fosse gostar tanto.
    Se você está cansado de ler livros onde a mocinha é extremamente chata ou cansativa por algum motivo, Raio de Sol é o livro perfeito pra você. Eu me apaixonei por esta personagem em especial porque ela faz juz ao apelido que lhe foi dado. Kate não é simplesmente uma garota positiva e animada, ela é uma mulher extraordinária que eu gostaria muito que existisse e fosse minha melhor amiga. Mas é claro que nenhum dos outros personagens deixou a desejar, todos eles tem uma bagagem ou um segredo e a forma como a história de cada um se encaixa num todo é maravilhosa.
    Kim me pegou de surpresa em vários momentos, as reviravoltas foram maravilhosas e tudo muito inteligente também. O livro não é um romance qualquer. Ele fala de feminismo; homossexualidade; amizade; gravidez; aborto e alguns outros temas que, eu não canso de dizer, ainda precisam ser muito falados. Entendidos. E a autora soube muito bem como incluir cada um deles na história sem que ficasse cansativo ou dramático demais e o mais incrível foi a forma como Kate (a personagem principal) soube lidar com cada um desses problemas. 
    O final poderia ter sido diferente, um pouco mais feliz talvez. Mas não deixou de ser lindo e emocionante. Não me lembro de ter chorado tanto desde que meu cachorro Paul faleceu no começo do ano. Porém, o fato de o final ser triste não altera o quão maravilhoso este livro foi pra mim e quantas lições maravilhosas eu consegui tirar dessa história. Estou certa de que qualquer pessoa, um pouco sensível que seja, consiga parar e olhar o mundo de uma nova maneira ao terminar de ler este livro. É por isso que eu o recomendo à todos! 
Nota:
 

14 comentários:

  1. Oi!!
    Muitas vezes quando eu gosto muito de um livro eu sinto dificuldade em passar para o texto tudo o que senti durante a leitura. Eu não tinha lido nenhuma resenha dele ainda, mas já vi alguns leitores dizendo que gostaram muito da leitura, mas pelo visto o livro é realmente muito bom.
    Definitivamente vou colocar esse livro na minha lista agora mesmo.
    Amei a tua resenha e me convenceu a ler.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaisa,
    sua resenha me deixou curiosa pois lendo apenas a sinopse o livro não me chamou a atenção. Como você gostou muito vou dar mais atenção à ele.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Eu ainda não tinha visto nada sobre esse livro e adorei que o meu primeiro contato tenha sido através da sua resenha.
    Fiquei empolgada lendo a sua experiência com o livro, a premissa parece bem interessante e fico feliz de saber que a mocinha não é mais uma dessas chatinhas que aparecem por aí.
    Tô curiosa sobre as reviravoltas e gostei dos temas que o livro aborda.
    Foi para minha lista!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Sua resenha me deixou com muita vontade ler.
    E quando um livro pega a gente de jeito é difícil transpor para o papel todas as emoções, mas o seu leia, já me deixou na expectativa de leitura.
    Mas qto a finais até acho que não precisa ser perfeito, na realidade a vida é cheia de imperfeições.
    Bjsss
    www.mundoliterando.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa que resenha ein, agora ja tõ louca para ler o livro, corri pro skoob para adcionar ele nas minhas leituras, parece ser um livro bem interessante e diferente, com assunstos que me chamam bastante atenção e tem que ser sim discutidos.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um livro bem interessante, mas o gênero não é do que eu costumo ler. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thaisa. Td bem?
    Guria, não pensei que esse livro fosse assim, achei que fosse ser um young adult clichê, mas fico bem feliz de ler essa resenha e ver que não, apesar do meu bolso já ter começado a chorar quando anotei o livro no meu caderno haha Com sua resenha parece que esse livro tem uma vibe Colleen Hoover e eu amo a autora.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Nossa que maravilha... esse livro realmente te tocou muito! Adoro quando isso acontece comigo ou com meus colegas leitores... livros mudam as pessoas, livros mudam vidas!
    Dica mais do que anotada ;)

    Já estou participando do seu site ;)

    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Thaisa, você me contagiou! Adorei saber que o livro trata de assuntos como homossexualismo, aborto, amizades e que os personagens ainda são bem construídos. Vou deixar anotado a dica ;)

    beijos!
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  10. Olá Thaisa! Ainda não conhecia o livro e pela sua leitura parece ser incrível, fiquei com vontade de conferir a história. Quem sabe o mais breve possível :)

    umreinomuitodistante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Interessante é que eu li uma outra resenha deste livro ainda esta semana que passou e a impressão que aquela resenha me deu era de um livro totalmente clichê e um romance açucarado, o que não faz meu estilo de jeito nenhum. Já sua me deixou com curiosidade, ainda mais por ter um final diferente do comum. Tendo em mãos, lerei com toda certeza!
    P.S.: Só corrigi lá no texto, o correto é homossexualidade. Beijo!
    Nu.
    As 1001 Nuccias | Curte aí!

    ResponderExcluir
  12. Olá Thaisa, apesar de não ser do meu gênero de leitura fiquei bem curiosa, gosto quando o autor consegue abordar temas legais e trabalha-los bem *-* Vou anotar a dica e se tiver chance vou lê-lo.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  13. Oie
    que resenha mais linda, adorei, eu já estava curiosa pelo livro agora está na minha lista de desejados, tem uma capa lindinha e parece ser realmente tocante e marcante, adorei a dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Thaísa, ouvi falar muito do livro, mas nem fazia ideia de que ele pudesse mexer tanto assim.
    Fiquei bem curiosa, ainda com mais com você dizendo que o final é triste, mas mesmo assim maravilhoso.
    Quero!

    Lisossomos

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.