O Último Adeus de Cynthia Hand

Título: O último adeus
Autor: Cynthia Hand
Editora: DarkSide
Ano: 2016
Páginas: 352
Skoob: Adicione

Sinopse: O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz. O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carro velho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diário que ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir a presença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma das grandes questões desse livro apaixonante. O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estar seguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar com seus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.

    Quando eu comecei a ler este livro, eu sabia pouco sobre o enredo, pois não costumo ler sinopses. Sabia apenas que ele era narrado em primeira pessoa por Lex e que ela estava passando por um processo complicado, devido a morte de seu irmão mais novo. E também que o livro abordava o tema suicídio então, porque eu adoro um drama e adoro ler coisas que envolvem suicídios, aceitei logo de cara o convite da DarkSide para que eu fizesse a leitura.
    Alexis tem dezoito anos e é apaixonada por números. Uma garota de exatas, nerd e de poucos amigos que sonhava com um futuro brilhante no MIT (Massachusetts Institute of Technology) para estudar matemática. Finalmente ela tinha uma esperança de que as coisas melhorassem, porque depois do divórcio dos pais a vida dela e de Tyler, seu irmão dois anos mais novo, se tornou um fracasso. 
    Mas os planos de Lex murcharam quando Ty se suicidou, cinco dias antes do natal. Sem deixar uma carta, sem que ninguém soubesse o por quê, apenas um post-it colado no espelho e que dizia " Desculpe mãe, mas eu estava muito vazio". Agora que Alexis está perdida, revoltada e sofrendo muito, além de não saber como lidar com a perda do irmão, também não sabe como vai cuidar da mãe e como poderia ir para a faculdade deixando-a sozinha.
    A escrita de Cynthia é cativante, me conquistou desde a primeira página, ela narra a história em primeira pessoa e, às vezes, parece que estamos lendo o diário de Lex. Ou que ela mesma esteja nos contando a história, bom, em parte isso acontece porque o livro é mesmo uma espécie de diário que Dave, o terapeuta de Alexis, pediu que ela fizesse. Como uma maneira de desabafar e superar. 
    O enredo não é apenas dramático, mas tem bastante suspense. Algumas pistas começam a aparecer, algumas peças não se encaixam e Lex vai tentar o possível pra entender o que estava se passando dentro da cabeça de Ty. Ela quer uma explicação, ou um culpado, qualquer coisa que a ajude a seguir em frente e com o desenrolar do livro ela acaba desvendando segredos tanto de seu irmão quanto dela mesma. Algo que a faz sentir culpada e que a faz se afastar das pessoas que ama.  
    Eu não esperava que o livro fosse me conquistar tanto, que fosse me prender por horas a fio. Mas em certo momento me peguei, junto de Lex, tentando entender os motivos que fizeram Ty chegar onde chegou e, se você pensa que o livro é apenas sobre suicídio, está enganado. Pode ser o elemento principal do enredo, sim, mas também vamos encontrar outras coisas na história que Cynthia escreveu: separação; perdão; traição e várias questões que podem sim influenciar numa atitude tão mórbida.
    O final foi emocionante. É claro que o livro não te dá um motivo exato para o que aconteceu, mas mostra que uma pessoa pra chegar nesse estado, basta ela se sentir vazia. O livro é sobre superação, não um manual de "como lidar quando seu irmão se suicida", mas nos ajuda a enxergar a situação com outros olhos e ver que nada está perdido. E que a gente vai sentir saudade sim de quem já se foi, mas as pessoas que amamos nunca se vão de verdade. 
Nota:



15 comentários:

  1. Oi, Thai. Que resenha maravilhosa! Fico bastante curiosa ao ouvir falar de um livro que aborda esses temas, mas até hoje não consegui ler absolutamente nenhum. Sei que essa obra é cativante e mexe conosco, por isso não vejo a hora de ler.
    Abraço! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Oi Thaisa, que resenha linda. Confesso que nunca li um livro da dark side e não me sentia atraída por eles, mas esse sua resenha me deixou bastante curiosa, acho que vou começar por ele, quem sabe não me encanto ne? Bjs
    http://www.facesemlivros.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Thaisa.
    Sua resenha ficou muito boa. Dá para ter uma visão geral do livro e do que esperar dele.
    Gostei a premissa e é u livro que eu leria. Fiquei curiosa para saber o que levou o Tyler a cometer suicídio e acho que um ponto positivo é a narrativa em primeira pessoa, que nos faz ficar mais próximo da Lex.
    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  4. Eu vi a resenha desse livro assim que ele saiu em um dos blogs que acompanho e fiquei extremamente curiosa com a leitura, apesar de ser da darkside e nunca ter lido nada deles, alguns livros vem me seduzindo e chamando a atenção, este é um desses, adorei a sua resenha e a forma como ressaltou que o livro fala de superação.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Esse é um dos livros que está na minha listinha de desejados! Também não sabia do que se tratava, mas falam tão bem que não resisto e ainda mais essa capa... Agora estou com mais vontade ainda de ler.

    Atenciosamente .

    ResponderExcluir
  6. Oie, eu adoro esses livros que trazem como temática o suicídio, separação, perdão, em fim, temas fortes que nos fazem pensar, e pelo que tenho visto das resenhas desse livro ele é exatamente assim, gostei de saber que você não conseguiu largar o livro, e por esse enredo eu provavelmente também não conseguirei, e adoro essa escrita em primeira pessoa, quase como um diário.

    ResponderExcluir
  7. Oiie, tudo bem?

    Amei sua resenha. Estava com uma vontade de ler este livro (e sua resenha fez crescer essa vontade), espero conseguir em breve

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Um ponto que talvez me incomode com a leitura é que a trama não mostra porque Ty cometeu o suicídio.
    Achei interessante que o livro tenha um toque de suspense e ainda aborde a superação de Lex diante de tamanha confusão em sua vida.
    Estou muito curiosa para ler.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, Thaysa! Adorei conhecer um pouco sobre este livro! Parece ser uma história de uma sensibilidade só, e saber que também traz uma carga de suspense também me agrada.
    Parabéns pela resenha! (E amei a foto tb! ;))
    Beijos,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Thaysa! Esse livro parece ser incrível, tem um temática bem interessante. Não parece ser só um livro sobre suicídio, mais algo mais algo bem interessante, acho que o final deve ser surpreendente.

    Beijos
    Biblioteca Desajeitada

    ResponderExcluir
  11. Oie
    eu já queria loucamente esse livro agora quero ainda mais, que linda sua resenha e quantos elogios, sem contar essa edição maravilhosa, como sempre a dark arrasa, muito legal e ótima dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiii!
    Eu não conhecia o livro ainda, mas posso dizer que a história chamou bastante a minha atenção. Gosto também de livros que tratam desse tema e que não podemos contar com uma resposta concreta, até por que, pode ter tantas coisas por trás desse suicídio que ninguém nunca vai saber. Eu leria esse livro com certeza.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi!!!
    Comprei recentemente este livro, e como estou na correria, ainda não consegui lê-lo, mas confesso que estou louca para poder iniciar a leitura, já que tb adoro um drama rsrs
    Pelas resenhas que já li, tenho certeza que vou terminar o livro em lágrimas :P

    Amei a resenha, só reforçou a minha vontade em conhecer a história.
    Bjs!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Thaisa, tudo bem?
    Primeira vez que leio uma resenha da obra e fiquei sim com vontade de ler,apesar de ter um tema tão dramático como foco. Agora não é o momento para eu realizar a leitura dessa obra, mas com certeza o farei. Beijos <3

    ResponderExcluir
  15. Oi!!
    Esse livro parece ser mesmo bem dramático, os assuntos abordados são bem pesados. Embora nos dias de hoje seja comum os pais se separarem, muitos filhos sofrem com isso.
    Nossa o mundo de Lex vira de cabeça para baixo, o irmão comete suicídio justo perto do Natal, eu sei que muitas pessoas acham essa uma data alegre e tal, mas sei lá porque eu acho o Natal uma data triste.
    Eu não imaginava que esse livro fosse tão envolvente, até bateu vontade de ler, gosto quando o foco não fica só no drama principal, mas faz a gente perceber que tem muito mais por dessa história.
    Beijão!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.