Nem tudo será Esquecido de Wendy Walker


Título: Nem tudo será esquecido
Autor:  Wendy Walker
Ano: 2016
Editora: Planeta
Páginas: 288

Skoob: Adicione

Sinopse: "Um dos suspenses psicológicos mais elogiados nos Estados Unidos Tudo parece perfeito na pequena Fairview, em Connecticut, até a noite em que a adolescente Jenny Kramer é violentada durante uma festa. Nas horas posteriores, ela é medicada com uma droga controversa para que as memórias da violência sejam apagadas. Mas, nas semanas que se seguem, enquanto se cura das dores físicas, Jenny percebe que guardou nuances daquela noite. O pai, obcecado por sua incapacidade de descobrir quem abusou de sua filha, busca justiça, enquanto a mãe tenta fazer de conta de que o crime não abalou seu mundo cuidadosamente construído. Segredos da família e do círculo próximo começam a vir à tona durante a busca incessante pelo monstro que invadiu a comunidade – ou que talvez sempre tenha estado lá –, guiando este thriller psicológico para um fim chocante e inesperado."

  Imaginem um livro de suspense que tem uns plots twits muitos bons, daquele tipo que dá ódio no leitor, mas que em cada reviravolta faz você ficar indignada, basicamente é isso que Wendy traz em seu thriller psicológico recentemente publicado pela Editora Planeta.
  Jenny Kramer é uma adolescente de 15 anos que sofreu uma violência horrível, ela foi estuprada por um criminoso não identificado, enquanto estava uma festa. Nas primeiras horas do ocorrido seus pais resolvem que Jenny vai tomar alguns medicamentos que supostamente a farão esquecer tudo que aconteceu naquele momento horrível, com o intuito de evitar que a filha tenha algum trauma profundo no futuro. Porém com o tempo fica visível que na verdade nada foi inteiramente esquecido e em meio a esse ambiente tortuoso, a busca pelo criminoso e a terapia, todos vão ter que lidar com segredos vindos à tona, vidas desconhecidas se interligando e muito mistério sendo ou não resolvido.
   Wendy é uma autora excelente, sua escrita é contagiante e o suspense criado por ela cumpre aquilo que se propôs, porém ainda assim minha relação com a obra acabou sendo um pouco controvérsia, e tentarei explicar um pouco desse por que. Antes quero trazer alguns pontos bacanas da obra, o primeiro deles é que a obra apesar de contar a história de Jenny e seus pais, lidando com todas as consequências da violência contra a filha, ele é todo narrado pela perspectiva do psiquiatra de Jenny, o segundo é que toda a drama do livro tem seu "quê" de originalidade, mesmo sendo um suspense psicológico eu nunca li nada igual a história, não com todas essas interligações e sacadas que a autora teve.
  Agora vamos ao motivo da minha controvérsia com a obra, como disse antes o livro é narrado pelo psiquiatra, então como já devem supor, ele tem uma carga cientifica bem grande, com termos da psicologia e analises feitas pelo psiquiatra, e mesmo na obra em alguns momentos eu sentia certo incomodo, pode ser arrogância minha, mas realmente senti que a algumas atitudes e comportamentos não condiziam bem com o que eu esperaria de um profissional que estava lidando com uma paciente assim e nem com uma autora mulher que pecou um pouco no machismo e misógina desse personagem. Realmente mesmo com as ‘’disfarçadas’’ eu conseguia notar essas falas e pensamentos do personagem e isso me deixou um pouco desconfortável com a criação do personagem que até então era o meu favorito.
  Nem tudo será esquecido é um livro incrível, não sei ao certo se tudo escrito e a construção dos personagens foram feitas de forma proposital até mesmo nas falhas e torço pra que seja pois a obra com toda certeza entrou pra lista de favoritos, e seria uma pena. A obra tem de tudo: famílias desestruturadas se reencontrando, famílias de aparência se perdendo nos segredos contados, crimes horríveis e cruéis seguindo sem um culpado por causa da inércia das autoridades e claro o poder da influência. Se você adora o gênero precisa ler esse livro, mesmo com os pontinhos negativos que citei, a obra é realmente fascinante.
Nota:




17 comentários:

  1. Que pena que a obra tem uns pontinhos negativos, mas pena resenha parece valer a pena mesmo assim :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale bastante, mesmo com os pontos negativos :3

      Excluir
  2. Oie!
    Eu já li esse livro, e a trama é intensa! Não consegui mais para a leitura, e a trama é bem intrigante.
    Um livro que indico para todos que gostam do gênero.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  3. Estou super curiosa com o livro agora, pois adoro suspense e quando tem plot twist parece que é um aperitivo a mais sabe? Fiquei curiosa pelo fato de ser a psiquiatra que narra a estória e mesmo tendo esses pontos negativos não influenciou na minha decisão de ler. Espero gostar da estória mesmo assim.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Paac.
    Apesar de gostar muito de livros assim, esse eu vou deixar passar.
    Já li algumas resenhas negativas sobre esse livro e já sei que vou me incomodar com os pontos que você apontou!
    Obrigada pela sinceridade!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Olá Paac!
    Essa é a primeira resenha que leio do livro e ele parece ser muito bom, mesmo com os pontinhos negativos que você apontou e que eu também torço para que seja proposital. Algo que a autora quis inerir ali para mostrar os personagens de modo diferente.

    Beijinhos e até logo! :*

    ResponderExcluir
  6. Olá! No momento, não é o tipo de livro que estou procurando, prefiro tramas mais leves e descontraídas. E com os pontos que você abordou, sinto que também irá me desagradar. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oi, achei a trama do livro bem instigante e o livro conseguiu conquistar a minha atenção, e mesmo deixando você com um pé atrás, eu fiquei curiosa exatamente por esse motivo, por isso, já quero ler. É o tipo de livro que me faria ficar vidrada e querendo saber o que vem a seguir. Dica anotada.
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro. uma pena este sentimento controverso em relação a narrativa do livro. Algumas características de personagens acabam mesmo nos fazendo questionar outras coisas ao longo de uma leitura. Felizmente não estragou todo o prazer do livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi Paac, eu amo o gênero e com certeza vou querer ler essa história. Bom, eu acredito que a ideia da autora tenha sido exatamente criar esse desconforto ao elaborar esse personagem, pretendo ler com mente bem aberta e tentar compreender os motivos dessa construção. Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oi Paac, recebi o livro da editora no final do ano passado e estou bastante empolgada com essa leitura. Essa foi a primeira resenha que li sobre a obra e fiquei ainda mais curiosa.

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Oii
    Que capa linda... Eu gosto de livros que instigam a nossa reflexão... Parece ser um livro com conteúdo bem pesado, por ter uma estória baseada em dramas de violência e traumas.

    ResponderExcluir
  12. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas já na capa me interessei. Ótima resenha.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.